Livre no mercado -

Tite recusa procura de seleções e quer voltar a comandar um clube

Livre no mercado desde o fima da Copa do Mundo de 2022, quando deixou o comando da Seleção Brasileira, Tite já tem definido seu próximo passo da carreira. Segundo o jornalista Bruno Andrade, o treinador quer voltar a comandar um clube, preferencialmente a partir de janeiro de 2024. As informações são do TNTsports.

Foto: Adam Pretty/FIFA

Nas últimas semanas, o técnico foi procurado por seleções da Europa e do Oriente Médio, mas recusou as sondagens.

Tite, sonho do Corinthians no início da temporada e pedido constante da torcida alvinegra, também rejeitou ofertas do Olympiacos, da Grécia, do Fenerbahçe, da Turquia, e do Orlando City, dos Estados Unidos.

No futebol brasileiro, o nome de Tite segue sendo bem avaliado por Corinthians e Flamengo, tendo em vista as situações delicadas que vivem Luxemburgo e Sampaoli, respectivamente.

Aos 62 anos, Adenor Bachi, popularmente conhecido como Tite, deixou o Corinthians em 2016 para comandar a Seleção Brasileira. O treinador comandou a Amarelinha nas Copas do Mundo de 2018 e 2022.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco