Destacou a complexidade decisória -

Tensão no Confronto entre Grêmio e Corinthians: CBF destaca controvérsias no uso do VAR

No confronto entre Grêmio e Corinthians, com vitória do Timão por 1 a 0, o presidente da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Wilson Luiz Seneme, concedeu sua análise sobre a atuação da equipe de arbitragem liderada por Rodrigo José Pereira de Lima.

Segundo Seneme, um dos pontos de discordância foi a não marcação de um pênalti para o Corinthians. O lance em questão ocorreu aos seis minutos de jogo, quando a partida ainda estava empatada em 0 a 0 e Bruno Méndez, zagueiro do Corinthians, não havia sido expulso. O presidente da Comissão de Arbitragem destacou que, na sua avaliação, o lateral-direito João Pedro, do Grêmio, agiu de maneira imprudente ao disputar a bola com Matheus Bidu, do Corinthians. Para Seneme, a ação do defensor gremista, mesmo sem um claro puxão ou empurrão, foi suficiente para derrubar o jogador do Timão que ficaria cara a cara com o goleiro.

Seneme também abordou a expulsão de Bruno Méndez, ocorrida na mesma paralisação promovida pelo VAR. O presidente da Comissão de Arbitragem concordou com a decisão, considerando a entrada do uruguaio como grave.

A análise de Seneme destaca a complexidade das decisões arbitrais e ressalta a importância do uso do VAR para garantir a justiça nas partidas de futebol.

Foto: Reprodução


 

Fonte: CNN

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco