Antecipou a decisão do clube · 05/11/2019 - 07h41

Sheik pede demissão e deixa o Corinthians


Compartilhar Tweet 1



Emerson Sheik pediu demissão do cargo de coordenador de futebol do Corinthians na tarde desta segunda-feira (4), no CT Joaquim Grava. O ex-atacante, que corria o risco de demissão, antecipou a diretoria do Timão e deixou o cargo.

Além de Sheik e Fábio Carille, técnico demitido no domingo (3) após goleada sofrida para o Flamengo, grande parte da comissão técnica do treinador foi dispensada nesta segunda-feira.

Os auxiliares técnicos Leandro Silva, o Cuca, e Fabinho, ex-volante do clube, foram demitidos, além de Walmir Cruz, preparador físico, e Denis Luup, analista de desempenho.

Sheik, por sua vez, ficou insatisfeito com o vazamento de notícias ao seu respeito. O UOL Esporte, por exemplo, revelou que o ex-camisa 11 do Corinthians balançava no cargo por desagradar aos dirigentes em relação à conduta e produção de trabalho.
Emerson Sheik concederá entrevista coletiva no CT Joaquim Grava na terça-feira (5) para falar sobre a sua saída.


Comentários