4º colocado no ranking mundial -

Semifinalista de Roland Garros fecha acordo em denúncia de agressão contra a ex-namorada

O tenista alemão Alexander Zverev, que está disputando a semifinal de Roland Garros, fechou um acordo na Justiça da Alemanha para que seu caso de violência doméstica contra a ex-namorada, Brenda Patea, fosse arquivado. Zverev aceitou desembolsar 200 mil euros (mais de de R$ 1.4 milhão na cotação atual) para que o processo, que teve início no ano passado, fosse encerrado. A decisão foi tomada nesta sexta-feira (07/06) por um tribunal em Berlim.

Foto: Reprodução/Instagram @Alexander Zverev

A acusação afirma que o tenista, 4º colocado no ranking mundial, teria empurrado Brenda contra uma parede e asfixiado a moça. A agressão teria ocorrido em maio de 2020, causando dores e dificuldades em respirar na vítima.

O tenista foi impedido de se aproximar da ex-namorada após a Justiça aprovar uma ordem de restrição no ano passado. Ele também foi multado em 450 mil euros (cerca de R$ 2,5 milhões), mas optou por recorrer da sanção, o que estendeu o processo.

Na decisão desta sexta, o valor pago por Alexander Zverev terá dois destinos. Cerca de 150 mil euros vão para o estado alemão e os outros 50 mil euros serão destinados a fundos de caridade.

Apesar do acordo, a defesa do tenista seguiu negando as agressões. Ele não esteve presente na audiência, já que está prestes a disputar a semifinal de Roland Garros contra norueguês Casper Ruud. Os dois entram em quadra nesta sexta.

Fonte: Metrópoles

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco