Fórmula 2 · 22/06/2022 - 09h12

Red Bull suspende piloto por comentários racistas nas redes sociais


Compartilhar Tweet 1



Jüri Vips, piloto da Red Bull, foi suspenso pela equipe devido a comentários racistas e homofóbicos nas redes sociais. O estoniano de 21 anos atualmente compete pela equipe Hitech na Fórmula 2 e faz parte da academia de jovens da RBR. As informações são do Metrópoles.

Durante uma transmissão na Twitch, Vips utilizou uma palavra ofensiva para se referir aos negros. Depois, ele afirmou que “rosa é uma cor gay” quando o neozelandês Liam Lawson, dono do canal e também piloto e membro da academia da RBR, jogou um boné rosa em sua direção.

A RBR publicou um comunicado, afirmando que está investigando as ações de Vips: “A RBR suspendeu o piloto júnior Juri Vips de todas as funções da equipe com efeito imediato, aguardando uma investigação completa do acidente. Como organização, condenamos qualquer tipo de abuso e temos uma política de tolerância zero a linguagem ou comportamento racista dentro de nossas organizações”.

Vips, após a nota da RBR, também se pronunciou: “Eu desejo, sem restrições, pedir desculpa pela linguagem ofensiva utilizada durante uma transmissão hoje. Esta linguagem é inaceitável e não traduz os valores e princípios que eu carrego. Arrependo-me profundamente das minhas ações e não é o exemplo que quero deixar. Vou cooperar com a investigação”, escreveu.

PostMídia: (86) 9 9800-9535

Comentários