Nos pênaltis · 04/11/2021 - 10h09

Nova Mutum-MT bate o Brasiliense-DF e avança ás semifinais


Compartilhar Tweet 1



O Nova Mutum-MT é o primeiro semifinalista da Copa Verde 2021. Na tarde desta quarta-feira (3), no Estádio Valdir Doilho, a equipe mato-grossense devolveu o 1 a 0 sofrido no jogo de ida das quartas de final diante do Brasiliense-DF e, na disputa de pênaltis, carimbou a vaga para a próxima fase, com vitória por 3 a 2. 

Na semifinais, o Azulão terá pela frente Vila Nova-GO ou Aquidauanense-MS, que voltam a se enfrentar nesta quinta-feira (4), em Goiânia.

O jogo
Precisando do resultado, o Nova Mutum tentou uma pressão inicial e chegou a levar perigo com Higor Rosa, logo aos quatro minutos. No entanto, na sequência do primeiro tempo, foi o Jacaré que ficou mais perto de inaugurar o marcador. Antes dos 15, Luquinha, Goduxo e Marcão pararam no goleiro Gabriel Oliveira. Mais tarde, Coquinho, de cabeça, e Bernardo, em cobrança de falta, também assustaram a defesa adversária, mas erraram o alvo.

Depois do intervalo, o time da casa voltou mais agressivo para o segundo tempo. Hugo, aos sete, esbarrou na marcação. Nos minutos seguintes, Higor Rosa teve mais uma oportunidade, mas não conseguiu fazer a finalização precisa. Enquanto, aos 12, Hugo novamente apareceu para o Nova Mutum, o camisa 7 saiu em velocidade, cruzou rasteiro, mas viu a defesa afastar o perigo. 

Do outro lado, o Brasiliense assustou mais uma vez com Marcão e de novo Gabriel Oliveira evitou o gol, aos 22. Quatro minutos depois, Jefferson Maranhão desperdiçou ótima oportunidade para colocar os visitantes em vantagem. E, já na marca dos 40 minutos, os mandantes reapareceram no ataque com Juninho, que recebeu assistência na medida de Romário e bateu de primeira para o fundo das redes: 1 a 0. Com o resultado, o confronto foi decidido nas penalidades.

Na marca da cal, o Nova Mutum levou a melhor e carimbou a vaga com uma vitória por 3 a 2. Jô, Wandinho e Gabriel Oliveira converteram as cobrança do time da casa, o goleiro do Azulão também brilhou debaixo do poste defendendo três pênaltis dos adversários. 


Fonte: CBF

Comentários