Garantindo a classificação · 31/07/2021 - 11h36

Nino enxerga evolução da Seleção Brasileira ao longo dos Jogos Olímpicos


Compartilhar Tweet 1



O Egito até tentou, mas mal levou perigo ao gol de Santos. Em grande jornada, a defesa protegeu bem a meta da Seleção Brasileira, garantindo a classificação com a vitória por 1 a 0 neste sábado (31/07).

    Lucas Figueiredo/CBF

Após o triunfo, o zagueiro Nino destacou a evolução apresentada pela equipe a cada partida, especialmente no entrosamento entre os jogadores de diferentes setores dentro de campo.

"A gente vê o time melhorando jogo após jogo. Claro que a solidez defensiva não se resume aos quatro lá de trás, é um trabalho do grupo inteiro. Temos jogadores muito talentosos no nosso time, mas a gente vê o esforço deles, se doando os 90 minutos", avaliou, antes de falar sobre a importância disso para a sequência da competição:

"Isso mostra o foco e a capacidade que todo mundo tem de concentração e a vontade que todo mundo mostra de conquistar o ouro. Com esse objetivo, todos temos nos esforçado para melhorar. E ficamos felizes que os resultados têm mostrado isso dentro de campo".

Com a vitória sobre o Egito, o Brasil garantiu sua vaga nas semifinais, contra o México. As duas equipes se enfrentam na próxima terça-feira (3), em jogo que vale vaga na grande decisão. Mero torcedor na conquista da Rio 2016, Nino sonha com a oportunidade de poder vestir a camisa da Seleção em uma final olímpica.

"Lembro que na final eu estava em casa, lembro de acompanhar todo o esforço dos jogadores, depois de tanta cobrança pelo Brasil não ter conseguido um ouro no futebol, principalmente por ser no Brasil. Foi muito especial. Eu estava nas categorias de base e hoje estar disputando aqui, estar representando o Brasil com certeza é muito emocionante, estou muito motivado. Espero que a gente consiga honrar o país e essa camisa tão pesada que a gente veste", recordou.

Depois de derrotar o Egito, o Brasil enfrentará o México na próxima terça-feira (3), em jogo válido pelas semifinais da Olimpíada de Tóquio 2020.


Fonte: CBF

Comentários