Pampa vinha sofrendo com linfoma -

Morre Pampa, campeão olímpico de vôlei, vítima de câncer aos 59 anos

Nesta sexta-feira (7/6), o ex-jogador de vôlei Pampa, campeão olímpico com a Seleção Brasileira em 1992, faleceu aos 59 anos após uma batalha contra um linfoma, um tipo de câncer do sistema linfático. Sua morte foi ocasionada por complicações decorrentes de uma reação à quimioterapia. Com informações do Metrópoles.

Foto: Reprodução

Pampa, que nasceu em Recife, estava internado na UTI da Beneficência Portuguesa, em São Paulo. Ele fez sua estreia nos Jogos Olímpicos em 1988, em Seul, e quatro anos depois conquistou o ouro olímpico nos Jogos de Barcelona, em 1992.

Ao longo de sua carreira profissional de 19 anos, Pampa deixou sua marca, sendo reconhecido por uma cortada notável durante a Liga Mundial de 1995, registrada como a mais veloz do mundo até hoje, atingindo 197 km/h. Em 1995, foi considerado o melhor atacante do Campeonato Italiano. Além disso, em 1988, recebeu o prêmio de melhor atleta do Brasil em todas as modalidades, concedido pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro).

Fonte: Metrópoles

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco