Mundial de atletismo · 14/07/2017 - 16h11

Giovana dos Santos ganha bronze na competição 400m no Mundial Sub-18

Giovana dos Santos ganha bronze na competição 400m no Mundial Sub-18


Compartilhar Tweet 1



A brasileira Giovana Rosália dos Santos conquistou nesta sexta-feira (14/07) uma medalha para o Brasil no Campeonato Mundial Sub-18 de Atletismo, que está sendo disputado no Estádio Kasarani, em Nairóbi, no Quênia. Ela ganhou o bronze nos 400 m, com a marca de 53.57, novo recorde brasileiro da categoria.

A tcheca Barbora Malikova ganhou o ouro, com 52.74, seguida da queniana Mary Moraa, prata com 53.31 - todas com recordes pessoais.

Nascida a cidade de Assis, no interior paulista, a 8 de agosto de 2000, Giovana mora e treina em Presidente Prudente (SP). Ela chorou muito após cruzar a linha de chegada e ver que havia conquistado a medalha e batido o recorde brasileiro.

"Esperava o resultado, mas é um alívio quando você vê que conseguiu alcançar um objetivo", disse a atleta por telefone. "Agora, quando voltar para casa, quero cobrar o churrasco que apostei com o Inaldo (Inaldo Sena), meu treinador, de que iria quebrar o recorde", prosseguiu Giovana.

Giovana treina com Inaldo há três anos, na pista da UNESP. Começou nos 100 m e nos 200 m, mas desde 2015 deu preferência aos 400 m. No ano passado, teve uma experiência difícil ao romper o ligamento cruzado anterior do joelho direito e passar por cirurgia e ficar meses sem treinar.

Atleta do FCTE, de Presidente Prudente, tinha como melhor resultado pessoal a marca de 54.43, obtida em Campinas (SP), no dia 20 de maio passado. Já o recorde brasileiro sub-18 pertencia a Amanda Fontes Dias, desde o dia 2 de setembro de 2000, com 54.27.

O presidente da CBAt, Toninho Fernandes, comemorou a medalha de bronze. "Parabéns à Giovana e a todos que contribuíram para a sua conquista", disse Toninho.

Na final dos 400 m masculinos, Bruno Benedito da Silva ficou em sexto lugar, com 47.15. O pódio foi formado por Antonio Watson, da Jamaica, com 46.59, Daniel Williams, da Guiana, com 46.72, e Colby Jennings, de Turks & Caicos, com 46.77.

Nesta sexta-feira, mais dois brasileiros passaram para finais. No lançamento do disco, Vitor Gabriel Motim terminou em terceiro lugar no Grupo B de qualificação, com 56,24 m e classificou-se com a oitava marca para a final deste sábado, a partir das 12:20, sempre no horário de Brasília. O ucraniano Oleksiy Kyrylin obteve o melhor resultado do dia, com 60,30 m.

No salto triplo, Nerisnelia dos Santos Sousa também garantiu vaga na decisão das medalhas ao saltar 12,46 m (-1.2) em sua segunda tentativa. Terminou em quinto lugar no Grupo A e em 11º no geral. A chinesa Qiujiao Tan conseguiu a melhor marca, com 13,16 m (0.9). A final está marcada para às 11:10 deste sábado.

Nas eliminatórias dos 200 m, os brasileiros passaram para as semifinais. Lorraine Barbosa Martins e Arielton Costa dos Santos, que ficaram em quarto lugar nos 100 m no Mundial, venceram as suas séries. Lorraine obteve 23.90 (0.0), o melhor tempo do dia, enquanto Arielton ganhou com 21.29 (0.0).

Leticia Maria Lima estreou no Mundial ficando em segundo lugar na primeira série dos 200 m, com 24.74, também passando para as semifinais deste sábado. As femininas começam às 11:10 e as masculinas, às 11:35.

Outras duas grandes finais marcadas para o penúltimo dia de competições do Mundial com participação de brasileiros são as dos 400 m com barreiras. Chayenne Pereira da Silva e Alison Brendon dos Santos classificaram-se nesta quinta-feira (13). A final feminina está prevista para as 12 horas e a masculina para as 12:15.

Na madrugada, a partir das 4:50, Samuel Batista de Souza participa da final do salto em altura. A prova não teve qualificação. Ele tem 2,06 m como recorde pessoal.

Um pouco antes, às 4:40, será disputada a qualificação do lançamento do dardo feminino, com a participação de Alana das Neves Maranhão no Grupo A. Ela busca uma vaga para a final de domingo (16/07).


Fonte: Com informações da CBAt