Em parceria com a SEID · 21/09/2019 - 12h58

Festival Paralímpico reúne crianças com e sem deficiência em Teresina


Compartilhar Tweet 1



A 2ª edição do Festival Paralímpico em Teresina foi realizada neste sábado (21/09), no Setor de Esportes da Universidade Federal do Piauí (UFPI). O evento acontece anualmente em comemoração ao Dia do Atleta Paralímpico, celebrado no dia 22 de setembro, e é promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), em parceria com a Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid) no Piauí.

 

Festival Paralímpico   Bruna Ferreira

De acordo com o secretário de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo, o evento também faz parte das comemorações alusivas ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, festejado hoje. Ele acredita que o esporte é uma ferramenta de inclusão social. "O esporte é um instrumento de reabilitação que vem mostrando que as pessoas com deficiência podem ter um desempenho muito alto nessa área. Então, nós, enquanto Governo do Estado e Secretaria, temos apoiado eventos como esse, pois entendemos que eles visam melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência", disse o gestor.

Lourimácio Correia é pai do Lucas, quem tem 9 anos de idade. Ele é autista e também apresenta deficiência física. "É com muita alegria que participamos do evento hoje e sempre buscamos acompanhar esse tipo de ação inclusiva. O Lucas é bem ativo e gosta bastante de esporte. Então, eu gostaria de parabenizar essa importante iniciativa", declarou.

Em Teresina, foram praticadas três modalidades Paralímpicas no Setor de Esportes da Ufpi: atletismo, futebol de 5 e vôlei sentado. O principal objetivo do evento na capital é ajudar a incluir o Piauí novamente nas Paraolimpíadas Escolares.

Ao todo, 70 cidades receberam o evento que tem como objetivo promover a experimentação do esporte adaptado a cerca de 11 mil crianças, com faixa etária de 10 a 17 anos. Na primeira edição, realizada em 2018, mais de 10 mil pessoas estiveram envolvidas nas ações do Festival Paralímpico, sendo cerca de 7 mil crianças, em 48 núcleos.


Fonte: Bruna Ferreira/Ccom

Comentários