Brasil segue fazendo história · 31/07/2019 - 08h10

Brasileiro conquista o tri pan-americano no levantamento de peso


Compartilhar Tweet 1



Os Jogos Pan-Americanos de Lima estão a todo vapor e o Brasil segue conquistando medalhas. Foram medalhas na ginástica artística, levantamento de peso, boliche, vôlei de praia, boxe e tiro esportivo. E outras ainda poderão vir no boxe, em lutas de Hebert da Conceição, Iasmin Ferreira e Flávia Figueiredo, programadas para a noite desta terça-feira (30). Além disso, o handebol feminino já garantiu uma medalha, resta saber só a cor. A definição virá na final contra a Argentina, às 22h30.

Até agora, o Brasil já conquistou 34 medalhas; 10 de ouro, 8 de prata e 16 de bronze. O Brasil ocupa o 3º lugar no quadro de medalhas, está atrás de Estados Unidos (64) e México(43).

Ouro no Levantamento de peso

Fernando Reis conquistou o tri pan-americano no levantamento de peso. Com uma performance impecável, Reis somou 420 quilos levantados, somando o arranco e o arremesso, e garantiu com folga a medalha de ouro. Muito superior aos seus adversários, ele levantou 21 quilos a mais que o segundo colocado, o cubano Luis Manuel Lauret, com 399 quilos.

Reis foi para sua última tentativa com o ouro já garantido e levantou 230 quilos, algo que nenhum dos demais atletas chegou perto de levantar. Ao confirmar o levantamento, o brasileiro arrancou aplausos do público no Coliseu Mariscal Cáceres, em Lima.

Ouro na Ginástica artística

O ginasta Chico Barretto ganhou a medalha de ouro no cavalo com alças, na tarde de hoje. O brasileiro recebeu a maior nota dos oito atletas da final do aparelho. Obteve 13.533 pontos. Completam o pódio o estadunidense Robert Neff, com 13.466 pontos, e o colombiano Carlos Alberto Calvo, com 13.233.

Arthur Zanetti ficou com a medalha de prata nas argolas, prova da qual é o atual campeão olímpico. Ele conseguiu 14.400 pontos, ficando atrás do mexicano Fabian de Luna, que fez 14.500 pontos. Zanetti teve uma boa performance, mas cometeu um pequeno erro e perdeu pontos importantes, que poderiam garantir a medalha de ouro. O bronze ficou para o argentino Federico Martin Molinari, com 14.066 pontos. Considerado favorito ao ouro, o brasileiro não escondeu sua decepção com a prata. Na mesma prova, Caio Souza ficou em quarto lugar.

Nas barras assimétricas, Lorranne Oliveira ficou em quarto lugar, com 13.833 pontos. A brasileira perdeu o bronze por pouco mais de 100 pontos. A terceira colocada, a canadense Elisabeth Ann Black, fez 14.000 pontos. Na mesma prova, Caroline Pedro ficou em sétimo, com 12.766 pontos.

Prata no Boliche

Marcelo Stuartz ficou com a medalha de prata ao perder na final para o estadunidense Nicholas Pate. A vitória brasileira não veio por muito pouco. Pate terminou a partida com 190 pontos e Stuartz com 189.

Bronze no Vôlei de praia

Ângela Rebouças e Carol Horta conquistaram a medalha de bronze no vôlei de praia, na tarde de hoje. Elas venceram as cubanas Maylen Delís e Leila Martínez por 2 sets a 0, em uma partida bastante disputada.

Depois de um início de primeiro set ruim, as cubanas se recuperaram e passaram a frente da dupla brasileira. Ângela e Carol, porém, tiveram força para tirar os pontos e viraram na reta final do set, quando chegaram aos 16 pontos. As cubanas tentaram uma nova virada, mas Carol explorou o bloqueio e fechou o set: 21 a 19.

O segundo set foi ainda mais equilibrado. Era ponto lá, ponto cá e ninguém desgarrava no placar. A dupla brasileira garantiu o bronze após uma jogada de contra-ataque de Carol, novamente explorando o bloqueio cubano.

Bronze no Boxe

Abner Teixeira perdeu a semifinal da categoria pesado até 91 kg para o cubano Erislandy Cotilla. Com a derrota, ele garante a medalha de bronze. Os dois lutadores fizeram um combate equilibrado. Mais ágil, Abner foi bastante eficiente nas esquivas mas, o cubano, mais alto e com maior envergadura, conectou mais golpes.

Já Jucielen Romeu garantiu vaga na final do peso galo feminino após vencer a estadunidense Yarisel Ramirez, por decisão unânime dos juízes. A brasileira venceu os três rounds e enfrentará a argentina Leonela Sanchez. Keno Marley Machado também chegou à final, após vencer o mexicano Rogelio Torres, por decisão unânime dos juízes, na categoria semipesado (até 81 kg). Jucielen e Keno entram no ringue novamente, para a disputa do ouro, na próxima quinta-feira (1º).

Bronze no Tiro esportivo

Robert Schmits ganhou a medalha de bronze ao disputar a final da fossa olímpica. Ele fez 32 pontos, atrás dos estadunidenses Brian Burrows, com 43, e Derek Haldeman, com 40. Esse é o segundo bronze do Brasil no tiro esportivo. Júlio Almeida havia conquistado a sua medalha na categoria pistola de ar 10 metros.

Tênis

O dia também foi bom para o Brasil no tênis. Na segunda rodada do torneio de duplas masculino, João Menezes e Thiago Wild venceram a dupla da Guatemala, Wilfredo Gonzalez e Stefan Gonzalez, por 2 sets a 0, parciais de 6 a 1 e 6 a 4.

Wild também venceu no torneio de simples. A vitória, pela segunda rodada, veio em cima de Kevin King, dos Estados Unidos, por 2 sets a 0, parciais de 6 a 4 e 6 a 2.

Pela primeira rodada do torneio individual feminino, Luisa Stefani venceu a mexicana Giuliana Olmos por 2 sets a 1, parciais de 6 a 2 para a brasileira, 7 a 6 para a mexicana e 6 a 2 para a brasileira no desempate.

Já Carolina Meligeni venceu a canadense Rebecca Marino de virada. O primeiro set foi da canadense, 7 a 4. Os outros dois foram de Carolina, ambos por 6 a 4.

Handebol

A seleção brasileira feminina disputa a final hoje, contra a Argentina. Após uma vitória incontestável na semifinal, quando venceu os Estados Unidos por 34 a 9, as brasileiras jogam pelo ouro às 22h30.


Fonte: Com informações da Agência Brasil

Comentários