Deu mais um passo rumo · 05/06/2021 - 12h55 | Última atualização em 05/06/2021 - 21h31

Brasil vence o Equador pelas eliminatórias e mantém 100% de aproveitamento


Compartilhar Tweet 1



O Brasil deu mais um passo rumo à Copa do Mundo 2022. Depois de quase sete meses longe dos gramados, a Seleção Brasileira voltou a campo, nesta sexta-feira (04/06), e, no Beira-Rio venceu o Equador por 2 a 0, em jogo válido pela sétima rodada das Eliminatórias.

Com o triunfo, a equipe de Tite mantém os 100% de aproveitamento na competição chegando aos 15 pontos em cinco partidas disputadas. O próximo compromisso da Canarinho será diante do Paraguai, na terça-feira (08/06), no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção.

O jogo
 

O Brasil dominou as ações do primeiro tempo, com quase 70% de posse de bola, mas encontrou dificuldades para furar o bloqueio equatoriano. Se mantendo no campo ofensivo, a Canarinho assustou principalmente pelo lado direito em cruzamentos de Danilo. Outra opção brasileira foi a bola parada. Em uma das boas oportunidades da Seleção, Neymar, aos 20 minutos, cobrou falta na área e Richarlison por centímetros não conseguiu empurrar para o fundo da meta adversária. 

Dois minutos depois, Gabi também aparecendo pela direita, tentou o chute cruzado, mas parou no goleiro Domínguez. Na sequência, o camisa 21 do Brasil teve nova chance e chegou a balançar as redes, após cruzamento de Danilo, mas teve o gol anulado por impedimento, aos 41. E, já aos 43, Neymar criou uma última oportunidade antes do intervalo em arremate de fora da área e novamente o arqueiro equatoriano fez a defesa. 

No segundo tempo, a Seleção Brasileira manteve o controle do jogo e acelerou no ataque. Com uma postura mais agressiva, veio o gol. Aos 19 minutos, Paquetá pressionou na marcação, Neymar recuperou a bola perto da área equatoriana e tocou para Richarlison na esquerda, que dominou e bateu forte para abrir o placar no Beira-Rio. Sem diminuir o ritmo, o Brasil foi para cima tentando o segundo. 

Marquinhos, aos 24, assustou de cabeça, após cobrança de falta. No minuto seguinte, Gabriel Jesus chegou com perigo, mas também parou em Domínguez. Enquanto Gabi, aos 26, recebeu já dentro da área e bateu colocado rente à meta adversária. E, aos 29, o atacante apareceu de novo, depois de jogada bem trabalhada pela Canarinho, mas testou para fora. Já na marca dos 37, Richarlison cruzou rasteiro para Firmino, mas antes do jogador brasileira chegar para finalizar, Arreaga afastou o perigo para o Equador. Nos minutos finais, Neymar de pênalti fechou a conta para a Seleção, aos 49. 

Brasil: Alisson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred (Gabriel Jesus) e Lucas Paquetá; Richarlison (Fabinho), Gabriel Barbosa (Firmino) e Neymar.

    Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

 


Fonte: CBF

Comentários