Em crítica ao lockdown · 28/02/2021 - 11h06

Bolsonaro cita reportagem de 2015: “Saúde sempre teve problemas”


Compartilhar Tweet 1



    Isac Nóbrega/PR

O lockdown adotado por diversos estados e o Distrito Federal para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus voltou a ser alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Na manhã deste domingo (28/02), o perfil do chefe do Executivo nacional postou nova crítica contra o fechamento do comércio. A informação é do Metrópoles.

“Hoje, ao fecharem o comércio e novamente te obrigar a ficar em casa, vem o desemprego em massa com consequências desastrosas para todo o Brasil”, postou Bolsonaro.

Na noite de sábado (27/2), o presidente postou mensagem criticado o lockdown em Brasília. “O povo quer trabalhar”, escreveu. Na mesma mensagem, compartilhou o vídeo de uma empresária do DF, solicitando a revisão das medidas restritivas na capital brasileira.

Veja o post do presidente:

Falta de leitos

Com o aumento do número de pessoas infectadas pelo coronavírus, a falta de leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) e a ameaça das novas variantes do vírus, diversos estados e DF retomaram as medidas restritivas adotadas em 2020, no começo da pandemia.

Os governadores temem o colapso da rede pública de tratamento, semelhante ao sofrido no Amazonas.

Na mensagem deste domingo, Bolsonaro argumentou que a saúde do Brasil enfrenta problemas há muito tempo, inclusive com a falta de UTIs. Neste sentido, ainda citou uma reportagem publicada em 2015.

“O que aconteceu em março/2015? A saúde no Brasil sempre teve seus problemas. A falta de UTIs era um deles e certamente um dos piores”, afirmou Bolsonaro.

Comentários