Após o apito final -

Após confusão, torcedor invade o campo e esfaqueia treinador

A partida ocorreu neste último domingo (29/01) e foi protagonizada por cenas bárbaras dentro de campo. Logo após o apito final, uma confusão generalizada se instaurou entre os jogadores das duas equipes. A grande pancadaria comoveu as torcidas adversárias, que também se digladiavam nas arquibancadas. Com informações IG.

A confusão gerou uma grande invasão de torcedores dentro do gramado do Estádio José Sepúlveda. Segundo os relatos do árbitro da partida, um torcedor chegou a esfaquear a mão do treinador do Firgas.

Além disso, em meio a batalha campal, dois jogadores do time visitante chegaram a se refugiar no vestiário da arbitragem. Após o ocorrido, a Federação Inter-ilhas de Futebol de Las Palmas se manifestou publicamente condenando o acontecimento.

- A Federação Inter-ilhas de Futebol de Las Palmas lamenta profundamente, ao mesmo tempo que expressa o seu mais retumbante repúdio a estes episódios. Nesse sentido, o Comitê Disciplinar e Competitivo, dada a gravidade dos fatos descritos na ata, realizará uma reunião extraordinária nesta terça-feira para discutir o ocorrido" - publicou a Federação.

Os dois clubes também se manifestaram sobre os acontecimentos. O Firgas divulgou uma nota esclarecendo que apesar das cenas barbaras presenciadas, nenhum jogador ou membro da comissão técnica saiu ferido do local.

- Queremos comunicar que o estado de saúde dos membros da nossa equipe e comissão técnica, afetados pelos ataques e agressões ocorridos no final da partida disputada ontem à noite no José Vega Sepúlveda contra o Pedro Hidalgo — e motivado por dois jogadores do referido clube, a quem de imediato se juntaram a elementos do público munidos de faca, garrafas e pedras — estão fora de perigo, embora as consequências tenham permanecido no corpo e mente de cada um deles e de quem viveu aquela experiência - publicou o clube.

O Hidalgo condenou a violência vista no Estádio José Sepúlveda e afirmou que irá expulsar dois jogadores do clube que estiveram em evidência no meio da batalha campal.

- Antes de tudo, queremos enviar ao Firgas nosso mais profundo pesar pelo que vivemos ontem após a partida em nosso campo. Hoje nosso clube chora. Todos os profissionais do nosso clube lamentam e condenam os acontecimentos ocorridos ontem no final da partida que foi disputada normalmente, mas que no final sofreu com 'pessoas de fora do clube'. Denunciamos isso veementemente. Além disso, o clube vai expulsar dois jogadores que estiveram em evidência e não representam os valores deste clube, sendo os mesmos a boa ética desportiva" - publicou o clube.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco