Esporte

Segue na cola do Palmeiras · 19/07/2019 - 16h25

Pituca exalta regularidade e valoriza melhor início de Brasileiro do Santos FC desde 2003

Vindo de quatro vitórias seguidas, o time comandado por Jorge Sampaoli tem sonhado com o título do Brasileirão jogo a jogo


Compartilhar Tweet 1



Regularidade é a palavra que mais tem sido usada no cotidiano do Santos FC. Na segunda colocação do Campeonato Brasileiro, com 23 pontos, o elenco santista credita a boa fase e o sonho pelo título do nacional ao bom desempenho das últimas partidas, algo que vem se repetindo desde a primeira rodada da competição.

Sete vitórias, dois empates e uma derrota dão ao Peixe o aproveitamento de 76% nas dez primeiras rodadas do Brasileirão. Em casa, o Alvinegro Praiano segue invicto somando quatro triunfos e um empate. Longe de seus domínios, três vitórias, um empate e uma derrota dão ao Alvinegro Praiano a confiança necessária para manter o equilíbrio na campanha.

“Temos que manter a regularidade para que a gente possa brigar lá em cima. Temos que jogar dentro e fora de casa do mesmo jeito. É isso que o professor Sampaoli tem pedido para nós. Precisamos manter essa sequência boa para que no final do ano possamos brigar pelo título”, disse o meia Diego Pituca.

Vindo de quatro vitórias seguidas, o time comandado por Jorge Sampaoli tem sonhado com o título do Brasileirão jogo a jogo, algo que motiva todo o elenco e reflete a classificação santista, que é a melhor desde 2003, ano em que Brasileirão passou a ser no formato de pontos corridos.

“Isso mostra que estamos focados. Nosso objetivo maior é o título. Teremos um jogo muito difícil neste fim de semana, o Botafogo é um time muito forte. Mas estamos treinando bem nessa semana para que quando chegar no Rio de Janeiro possamos voltar com os três pontos”, ressaltou o camisa 21.

Pela 11ª rodada, Santos FC e Botafogo se enfrentam às 11 horas deste domingo (21) no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro-RJ. Ambas as equipes já se enfrentaram em 109 oportunidades e o Peixe leva vantagem no histórico do duelo somando 42 vitórias, 30 empates e 37 derrotas, com 184 gols marcados e 155 sofridos.


Fonte: Com informações da Ascom

Comentários