Esporte

Vaiaram o camisa 7 · 19/01/2020 - 10h55 | Última atualização em 20/01/2020 - 18h57

Flamengo estreia no Carioca com empate sem gols contra o Macaé no Maracanã

Rubro-negro utilizou cinco jogadores do Sub-20, que iriam disputar a Copa São Paulo


Compartilhar Tweet 1



Rio - Um jogo à moda antiga. Assim pode definir a partida entre Macaé x Flamengo, no Maracanã, pela primeira rodada da Taça Guanabara. Sem transmissões de televisão, só quem foi ao estádio pôde assistir ao duelo. Quem ficou de casa, precisou recorrer ao radinho, companheiro dos torcedores durante anos. Com muitos garotos, o Rubro-Negro pressionou, forçou, mas não conseguiu a vitória na estreia na temporada e empatou em 0 a 0. O próximo jogo da equipe de Mauricio Souza é contra o Vasco, quarta-feira, também no Maracanã, às 21h, pela segunda rodada do Estadual.

O primeiro tempo do Flamengo não foi dos melhores. Por ser estreia em 2020, a garotada mostrou ansiedade e nervosismo e errou bastante, principalmente na troca de passes. O técnico Mauricio Souza, percebendo que a equipe não mostrava poder de reação, gritava a todo instante na beira do campo. A principal arma do Rubro-Negro foi o lado direito, com o lateral Matheuzinho e o meia-atacante Yuri Cesar. Os dois foram os mais agressivos e buscavam o ataque a todo momento. O único lance de perigo do time foi aos 44 minutos, quando a bola sobrou na entrada da área para Hugo Moura, que chutou forte e, por pouco, não balançou a rede.

Para a segunda etapa, o time do Flamengo voltou o mesmo. E, logo aos dois minutos, Vitor Gabriel teve a chance do jogo. O camisa 9 recebeu na pequena área e chutou para fora. A torcida não acreditou no que viu. Instantes depois, Mauricio Souza foi obrigado a fazer a primeira substituição. Matheus Dantas, machucado, saiu para a entrada de Pepê. Com a alteração, Hugo Moura foi para a zaga e Vinicius Souza passou a fazer a função de primeiro volante.

O time melhorou, a torcida sentiu, e a fórmula que deu certo em 2019 parecia que ia entrar em cena novamente. Só pareceu. O Flamengo encurralava o Macaé, porém os jogadores não aproveitavam. Aos 32, Lucas Silva recebeu na área, mas furou na hora de botar para dentro. Os rubro-negros não aliviaram e vaiaram o camisa 7. Após o lance, o jogador foi substituído por Rodrigo Muniz, que entrou muito bem. O camisa 21, nos 15 minutos em que atuou, foi melhor que o "concorrente" de posição, Vitor Gabriel. No último lance da partida, ele quase balançou a rede, ao escorar de primeira, um passe de Wendel. A bola passou tirando tinta da trave do goleiro do Macaé.

Apesar do esforço, a garotada do Flamengo não conseguiu a vitória, mas saiu de campo aplaudida pelos pouco mais de 27 mil presentes no Maracanã. Em um dos camarotes do estádio, Gustavo Henrique, Pedro Rocha e Michael assistiram ao confronto. O terceiro, ainda não anunciado de forma oficial, não foi ao campo junto com os outros dois, que pisaram pela primeira vez no gramado do estádio com a camisa do clube.


Fonte: O Dia

Comentários