Esporte

Enfrentam a Seleção Piauiense · 17/07/2012 - 17h05

180graus entrevista jogadores do River Plate hospedados em THE

Brasileiro Janderson Pereira conversa com a reportagem que flagrou a equipe uruguaia almoçando


Compartilhar Tweet 1



A reportagem do 180graus flagrou a equipe do River Plate do Uruguai almoçando no Hotel Arrey, no bairro São Cristóvão, zona leste de Teresina, antes de embarcar no aeroporto de Teresina. Os uruguaios se ausentam da cidade para jogar em Belém para jogar contra o Remo nesta terça, 17/07. Lá do Pará embarcam para o Maranhão para jogar contar a seleção maranhense dia 19 para, finalmente, voltar a Teresina onde enfrentarão a Seleção piauiense.

Se o churrasco faz parte do cardápio uruguaio praticamente todos os dias, o raviolli tem até um dia especial: todo o dia 29 é o dia do raviolli no Uruguai. Mas aqui no Brasil, o “darsaneros” do River Plate Uruguaio já estão se habituando a comida brasileira, desejando carne de sol e já se preparando para tomar açai no Pará e frutos do mar no Maranhão.

E no time uruguaio tem um jogador brasileiro, trata-se de Janderson Pereira Rodrigues, 23 anos, que concedeu entrevista exclusiva ao 180graus. Confira:

ONDE VOCÊ NASCEU NO BRASIL?
Nasci em Quarai, Rio Grande do Sul, região que faz fronteira com o Uruguai.

ONDE VOCÊ JOGOU NO BRASIL?
Eu comece no futebol com 12 anos e foi no Internacional de Porto Alegre, depois fui para o Passou Fundo, o Cruzeirinho, ambos também do Rio Grande.

HÁ QUANTO TEMPO JOGA NO URUGUAI?
Sai do Rio Grande do Sul para jogar no River Plate aos 18 anos, ou seja, estou há 6 anos jogando no Uruguai.

QUAL TIME VOCÊ TORCE?
Apesar de ter começado a carreira no Internacional, eu sou gremista.

VOCÊ PRETENDE VOLTAR AO BRASIL?
Sim pretendo e para jogar no Grêmio.

QUAL A SUA DIFICULDADE DE ADAPTAÇÃO NO URUGUAI?
A língua especialmente, porque na fronteira nós falamos uma espécie de portunhol, mas em Montevidéo eles falam espanhol mesmo e muito rápido, até parece que eles falam cantando.

OS JOGADORES URUGUAIS ESTÃO SENTINDO ALGUMA DIFICULDADE AQUI NO PIAUÍ?
Ah, sim, estão sentindo o calor, afinal saímos do Uruguai com a temperatura de 7 graus e chegamos aqui em Teresina com, pelo menos, 37. Que diferença! Mas como o nosso técnico disse, é melhor fazer uma pré temporada no calor daqui, porque se ficássemos no Uruguai treinaríamos apenas na academia, para fugir do frio.

QUAL É A ROTINA DE TREINAMENTO AQUI NO PIAUÍ?
Treinamos às 6h30 ou no Lindolfo Monteiro ou no Albertão. Às 11h nos exercitamos na academia aqui no Hotel e às 16h treinamos novamente no campo.

QUAL É A SUA META?
Quero ir para Europa para poder dar melhores condições para minha família, até porque o Uruguai o menor salário das América do Sul e, jogando na Europa poderei ter melhores condições para poder casar com minha namorada. E ainda sonho com a Copa aqui no Brasil, seja pela seleção brasileiro, seja pela seleção uruguaia, como o técnico Oscar Tabares [campeão da Copa América 2011 com o Uruguai já convidou. Aliás, falando em Copa, os Uruguaios estão se preparando para sediar a Copa de 2030, para comemorar o centenário da Copa de 30, a primeira Copa do mundo.


Janderson com saudade da comida brasileira


A alimentação deve ser leva para poderem treinar no calor de Teresina


Jogadores uruguais almoçando no Hotel Arrey, antes de embarcar para Belém (PA)


Hotel onde os jogadores se hospedaram, na zona leste de Teresina


Símbolo do Club Atletico River Plate do Uruguai

O River Plate uruguaio volta a Teresina dia 20 para enfrentar a Seleção do Paiuí com Djalminha e Marcelinho Carioca no amistoso que acontecerá no dia 22 de julho no estádio Albertão.

Os ingressos estão à venda na sede da Federação Piauiense de Futebol, Banca do Zezinho, na bilheteria do estádio. O valor da Geral será R$ 20, a partir da quinta feira (19/07), de acordocom o presidente da FPF. As entradas estão disponíveis para a arquibancada inferior e especial, que custarão R$ 30,00 e R$ 40,00, respectivamente. Mais próximas do gramado, o ingresso para a cadeira especial será 60 reais. Todos os setores terão direito a meia-entrada.