Entretenimento

Cantora fez desabafo · 28/05/2013 - 18h01

Organização do Festival de Pedro II diz: 'Cachê de Patrícia é muito alto'

Cantora diz ter sido 'ignorada' e fez desabafo contra organização em seu Facebook


Compartilhar Tweet 1



Após o desabafo feito pela cantora piauiense Patrícia Mellodi sobre o Festival de Inverno de Pedro II, a assessoria do evento enviou nota que a não participação da cantora se deu pelo “alto valor do cachê”.

Ressalta que há sim um numero considerado de artistas locais, mas que não “abriram mão” da “qualidade indiscutível” dos artistas nacionais.

Mais cedo, a cantora fez um desabafo no seu Facebook reclamando do pouco incentivo à participação de artistas locais e de ter sido ignorada pela organização do evento.

O Festival de Inverno de Pedro II é organizado pelo Governo do Estado e pela Prefeitura de Pedro II, com apoio do Sebrae e da Fundac, e traz atrações como Maria Gadú e Zélia Duncan, cujos valores do cachê aproximam-se dos R$ 50 mil.

Veja abaixo a nota da organização do Festival e mais abaixo, o desabafo feito por Patrícia.

NOTA DA ORGANIZAÇÃO DO FESTIVAL
"A produção executiva do Festival de Pedro II reafirma a proposta de organizar um evento com incentivo à cultura piauiense, por isso cresceu o número de atrações locais, e neste ano, fazem parte da programação atrações como Validuaté, Terê Groove, Ostiga Jr. e Banda, Amarelo Cajuína, Opala na Cabeça, Radiofonicos, Roque Moreira, Narguilê Hidromecânico, entre outros. Sem abrir mão da qualidade indiscutível dos artistas nacionais, também traz nomes como Maria Gadú, Zélia Duncan, Taryn Szpilman e Bernard Fines & Julio Bittencourt Trio, que resgatam o jazz e o blues. No ano passado, os organizadores do Festival entraram em contato com a produção da cantora Patricia Mellodi. Porém, na oportunidade, não foi possível a participação da cantora na 9ª edição pelo alto valor do cachê.

A organização, no entanto, enfatiza que surgirão outras oportunidades de participação de artistas piauienses no Festival."