Entretenimento

Abusando do poder · 01/06/2014 - 10h55 | Última atualização em 01/06/2014 - 10h58

Luciana Gimenez diz que já brigou com marido por falta de regalias na TV

Luciana lembrou também o caso da foto postada em uma rede social onde ela aparece em um helicóptero


Compartilhar Tweet 1



Casada com Marcelo de Carvalho, um dos donos da Rede TV!, Luciana Gimenez garante que é tratada como uma funcionária qualquer na empresa do marido.

A primeira-dama da emissora paulista, aliás, confessou que gostaria de ter certos privilégios e que já chegou a discutir com Carvalho por não ter regalias no canal.

"Não tem nada a ver isso de ser mulher do dono. Pode perguntar para a minha diretora. Eu não tenho privilégio algum. Isso até já foi alvo de briga com o meu marido. Eu queria ter mais privilégios, mas não tem isso. Minha equipe não é maior, levo bronca e posso dizer que, de repente, por ser a mulher do dono, as coisas até demoram mais a acontecer", contou ao jornal "O Dia".

A apresentadora disse ainda que passou por situações curiosas com a produção do "SuperPop" pelo fato de ser esposa de um dos sócios do canal. "Para você ter uma ideia, tem vezes em que o programa muda de horário e esquecem de me avisar, porque acham que a mulher do dono já sabe disso", destacou.

Bastante reservada, a morena é do tipo de artista que dificilmente concede entrevista. A postura visa evitar polêmicas desnecessárias.

"Eu aprendi que em boca fechada não entra mosca com um cara muito reservado e que entende muito, que é o meu marido, Marcelo, e com o Mick Jagger. Ele só dá entrevista em show e olhe lá. Eu tive que seguir o exemplo de alguém e foi o dele. Acho que a gente só fala quando realmente tem algo a ser dito", avaliou.

Luciana lembrou também o caso da foto postada em uma rede social onde ela aparece em um helicóptero durante a greve dos rodoviários em São Paulo. A imagem irritou internautas, que acusaram a apresentadora de estar debochando de quem precisava de ônibus para se locomover.

"Fui mal-interpretada. Moro no Brasil e não sou contra manifestação nenhuma, contanto que seja justa e democrática. Eu sou contra uma dona de casa levar quatro horas para chegar em casa. O que não pode é ter baderna, coisa que eu não vejo em todas as manifestações."

Por fim, a estrela assumiu que ficou chateada com os rumores de que teria sido tomada por um espírito durante a edição da última segunda-feira (26) do "SuperPop", quando acabou desmaiando ao vivo.

"O nome do santo era: Santo da Gripe, daqueles que pegam e ficam", brincou.


Fonte: com informações do MSN