Entretenimento

'Quase novela das 11h' · 28/11/2013 - 17h08

Autor de 'Pecado Mortal' diz que a Globo está asfixiando sua novela

'Com a nossa virando quase uma novela das 11 não dá pra fazer milagre', diz Carlos Lombardi


Compartilhar Tweet 1



A novela "Pecado Mortal", da Record, está amargando índices baixíssimos de audiência no Ibope. A trama, escrita por Carlos Lombardi, autor de sucessos como "Vereda Tropical" e "Quatro por Quatro" na Globo, tem alcançado médias de no máximo sete pontos.

Há dias em que a história, que mostra a transição do jogo do bicho para o tráfico de drogas nos morros do Rio, chega a meros cinco pontos, bem menos que outras tramas anteriores da emissora como "Ribeirão do Tempo" (média de 11); "Vidas em Jogo" (média de 12); "Máscaras" (média de 6); "Balacobaco" (média de 7) e "Dona Xepa" (idem). Cada ponto equivale a 62 mil domicílios na Grande São Paulo.

Diferentemente de outras produções da Record, no entanto, "Pecado Mortal" é uma novela que em nada deixa a dever para as da concorrente. Tem um roteiro bem estruturado, bons atores, produção impecável, história interessante e original e, na falta disso tudo, a marca registrada do autor: bonitões e bonitonas em trajes sumários. Por que então a novela não decola?

O autor Carlos Lombardi deu uma explicação: "A manobra da Globo de transformar a novela das 21h num programa de hora e meia tem asfixiado nossas chances. Com a nossa virando quase uma novela das 11 não dá pra fazer milagre."

O autor também falou da nova fase da novela, em que o morro começa a ficar sob o domínio do tráfico graças à ação de policiais corruptos. "A história não é verdadeira. É uma ficção a partir de vários pequenos 'causos' pesquisados."