Propaganda antecipada · 24/02/2022 - 08h45 | Última atualização em 24/02/2022 - 10h54

Após ação do PT, desembargador manda Silvio Mendes apagar postagem das redes sociais


Compartilhar Tweet 1



O Partido dos Trabalhadores no Piauí ingressou com uma representação eleitoral com pedido de tutela de urgência no Tribunal Regional Eleitoral do estado para exclusão de um vídeo de Silvio Mendes (PSDB) das redes sociais na qual ele comenta um pesquisa em que ele aparece na frente.

Silvio Mendes
Silvio Mendes 

"Alega o representante que o demandado está se utilizando de pesquisas eleitorais e da internet para realizar atos de propaganda antecipada para as eleições gerais de 2022 no Piauí. Ainda segundo o representante, no dia 19 de fevereiro de 2022, o representado divulgou em sua rede social Instagram um vídeo que supostamente faz pedido explícito de voto", alegou o PT na representação.

Na mensagem, Silvio Mendes fala: “Estamos na esperança de poder contar com todos os piauienses por esse caminho diferente, um caminho de mudar o Estado do Piauí para que todos possam viver felizes e num estado diferente como todos nós desejamos e sonhamos”. O vídeo já tem mais de 7 mil visualizações.

O desembargador Hilo de Almeida Sousa deferiu o pedido do PT e determinou a retirada da postagem das redes sociais no prazo de 24 horas, sob pena de multa diária de R$ 1 mil.

Silvio Mendes é o pré-candidato da oposição o Governo do Piauí, contra Rafaell Fontelles (PT), pré-candidato da base.

O tucano já informou que ainda não havia sido intimado, mas que recebeu a notícia com espanto e que já comunicou sua equipe jurídica para a tomada de providências.

Confira a decisão:

 

Comentários