Na contramão da crise · 30/03/2017 - 16h57 | Última atualização em 30/03/2017 - 17h02

Mulheres dominam o mercado imobiliário em Teresina

Mulheres dominam o mercado imobiliário em Teresina


Compartilhar Tweet 1



Na contramão da crise econômica que o mercado imobiliário atravessou nos últimos tempos, o destaque feminino no setor cresce com recordes de vendas e empreendedorismo.

As mulheres dominam o setor que volta a respirar com aquecimento devido à queda dos preços do m² em todo o território nacional, que apresentou queda real (descontada a inflação) de 4,58% nos últimos 12 meses, segundo o FipeZap, índice que mede o preço médio do m² de todo o território nacional.

Vera Ramos, empreendedora que está concretizando os planos para a abertura de uma consultoria imobiliária especializada conta que apesar de investir no segmento da beleza se encontrou mesmo dentro do mercado imobiliário. “Eu empreendo desde os 17 anos, mas gosto de dizer que o mercado da beleza foi apenas um ensaio para onde eu realmente me encontrei: o mercado imobiliário”, comenta. “Gosto de participar dos sonhos das pessoas. Quando concretizamos a venda, a sensação é de utilidade e felicidade em participar dessa conquista”, compartilha.

Sobre o setor, a empresária tem expectativas altas. “Já sentimos um aquecimento desde o início do ano. Participei de um evento para corretores da Patrimônio Incorporadora e as nossas expectativas são as melhores possíveis, especialmente devido a melhora geral da conjuntura de financiamento, margens de juros maiores e preços mais baratos dos imóveis”, ressaltou a consultora.

“Também estamos obtendo melhores incentivos das construtoras. A Patrimônio, por exemplo, tem tratamento diferenciado com corretores e que incentiva a fecharmos negócios, especialmente por respeitar as regras do CRECI, o material de divulgação, apartamentos decorados que ajudam o cliente a visualizar melhor a compra”, acrescenta.

O diretor de incorporações, Tellio Totaro, comenta que a relação com os corretores é essencial para concretizar vendas. “Nós procuramos estreitar relações com corretores sempre oferecendo materiais de divulgação de qualidade, promovendo preços justos, produtos com garantia de qualidade”.

Ainda segundo Tellio, a incorporadora investe no Piauí a oito anos e já conta com 46% de suas ações comerciais no estado, devido ao retorno positivo do mercado local. “Posso dizer que as mulheres são as peças-chave no setor no Piauí, são recordistas de vendas e grandes parceiras, se destacando no mercado”, conclui.

Para quem está procurando investir no sonho da casa própria, Tellio afirma que esse é o momento ideal para comprar. “Os preços têm caído em todo o Brasil e em Teresina não é diferente. Para aqueles que estão economizando, a hora de comprar é agora e eles estarão em boas mãos com nossas parceiras corretoras”, afirma.


Fonte: Assessoria