Incentivar o hábito da leitura -

Prefeitura de Teresina garante participação de aluno da Semec no Salipi

Para incentivar o hábito da leitura, no decorrer desta semana, a Prefeitura Municipal de Teresina, através da Secretaria Municipal de Educação (Semec), está levando os estudantes da Rede Municipal de Ensino para conhecer, prestigiar e participar da 22ª edição do Salão do Livro do Piauí (Salipi).

Durante as visitas, os alunos participam de apresentações artísticas, oficinas de leituras e brincadeiras, bem como têm a oportunidade de comprar livros nos estandes do evento com os chequinhos ofertados pela prefeitura para 9 mil discentes da Rede.

Na manhã desta quarta-feira (12/06), foram ao Salipi os discentes do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) João Nonon e das Escolas Municipais Alice Pires, Antilhon Ribeiro, Padre Ângelo Imperialli, Parque Piauí, Mocambinho, Galileu Veloso, Murilo Braga, Delmira Coelho Machado, Mariano Alves de Carvalho, Santa Maria das Vassouras, Roberto Cerqueira Dantas, Lindamir Lima, Planalto Ininga, Professora Theresa Noronha e Residencial Pedra Mole.

Na tarde desta quarta-feira, outras 15 unidades de ensino da Rede participaram do evento.

Os estudantes do CMEI Parque Firmino Filho foram ao Salipi e participaram de várias atividades, como dança, contação de histórias, brincadeiras e pinturas de rosto. A diretora do centro, professora Ingryd Rayane, conta que foi um momento incrível e cheio de encanto para as crianças. “Conhecemos os stands de livros e cada um dos alunos adquiriu dois livros para ler em casa com a família e compartilhar com os pais o maravilhoso mundo encantado da leitura”, comenta.

O CMEI Tia Jane também compareceu ao Salipi como forma de desenvolver o interesse das crianças pela leitura e escrita, assim como aperfeiçoar o trabalho de alfabetização desenvolvido na unidade. A diretora do CMEI, professora Ana Karina, explica que, através da leitura, as crianças aprendem sobre os sentimentos e que a participação no Salipi é essencial para que isso ocorra. “A criança que ouve histórias desde cedo e tem contato direto com os livros terá um desenvolvimento favorável do vocabulário, bem como prontidão para a leitura”, finaliza.

Fonte: PMT

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco