Desenvolviment de ideias inovadoras -

Estudantes fazem exposição no Citer POP sobre soluções tecnológicas para uso de energia renováveis

Com o olhar voltado para a economia sustentável, os estudantes da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) apresentaram os projetos trabalhados para o Conferência Internacional de Tecnologias das Energias Renováveis Citer POP, nesta terça-feira (28), no Ceti Zacarias de Góis – Liceu Piauiense.

Foto: DivulgaçãoEstudantes da Rede Estadual realizam exposição no Citer POP sobre soluções tecnológicas para uso de energias renováveis
Estudantes da Rede Estadual realizam exposição no Citer POP sobre soluções tecnológicas para uso de energias renováveis

A Seduc incentiva a qualificação profissional com vistas ao mercado de trabalho com o Curso Técnico em Sistemas de Energias Renováveis atendendo 1.759 estudantes. Explorando ideias inovadoras utilizando fontes de energias renováveis como eólica, hídrica, solar e hidrogênio verde, a programação mobilizou aproximadamente mil estudantes da rede estadual de ensino que estudam em escolas em Teresina, entre os dias 21 e 28 de maio.

O superintendente Executivo da Seduc, Rodrigo Torres, visitou os estandes e conheceu os projetos desenvolvidos pelos estudantes das escolas CEEP José Pacífico De Moura Neto, Premen Norte, Ceti Júlia Nunes e Liceu Piauiense.

“O Piauí discute o futuro das fontes de energias e os nossos estudantes estão inseridos nesse debate. Os alunos estão sendo incentivados a explorar o ensino de inteligência artificial e das energias renováveis nos cursos técnicos para aproveitarem as oportunidades geradas nessas áreas e se conectarem ao mundo do trabalho”, disse.

As estudantes Maria Clara e Thaylany Nunes, do Ceti Profa. Julia Nunes Alves, explicaram o projeto de automatização da horta escolar com fontes renováveis. “Criamos uma horta hidropônica com reutilização da água de cozinha e, em todo esse processo, temos automatização e uso de placas solares. Uma vez que pensamos nesse projeto dentro da escola percebemos que pode ser aplicado na nossa comunidade”, explica Maria Clara.

Diego Ranio e seus colegas, do Ceti Profa. Julia Nunes Alves, tiveram a iniciativa de utilizar os conteúdos de robótica com a plataforma Arduino visto em sala para facilitar o acesso à energia solar. “Apresentamos o projeto rastreador solar com Arduino visando baratear os materiais e maximizar a eficiência da energia. Pensamos nesta solução para que todos tenham acesso a placas solares podendo armazenar ou distribuir na rede de energia elétrica”, disse o jovem.

Com o potencial do Piauí no hidrogênio verde, os estudantes da rede estadual também desenvolveram ideias na área com projetos nas escolas Ceti Profa. Julia Nunes e Premen Norte. “O hidrogênio verde é um combustível limpo, que aprendemos na escola ser uma fonte de energia com maior eficácia em relação ao combustível fóssil. Como o nosso estado tem explorado essa energia, percebemos que há um mercado promissor para se trabalhar”, disse José Vitor, do Premen Norte.

Utilizando a captação dos ventos e água das chuvas, os estudantes do Ceti Indígena Oka Ka Inaminanoko, localizado no Bela Vista, em Teresina, voltaram seu olhar para a produção de energia nas comunidades. “São soluções que podem facilitar a agricultura, o acesso à energia elétrica e internet sem degradar o ambiente, tendo como fonte as energias naturais", disse a gestora escolar Ângela Vieira Guajajara.

A parceria da Citer e da Secretaria de Estado da Educação do Piauí (Seduc) envolveu os estudantes matriculados nos Cursos Técnicos em Energias Renováveis e Tecnologia dos Centros Educacionais de Tempo Integral e Educação Profissional, Técnica e Tecnológica. 

A Conferência Internacional de Tecnologias das Energias Renováveis (Citer) será realizada em Teresina de 03 a 05 de junho, com o tema "As Tecnologias das Energias Renováveis no Contexto da Transição Energética Global Justa e Sustentável”.

Fonte: Governo do Piauí

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco