Tendência de queda -

Preocupação com a alta de Selic cresce entre empresários, aponta CNI

Os industriais, além das preocupações com a inflação, têm outro problema com o descontrole dos preços: a alta dos juros imposta pelo Banco Central (BC). Atualmente, a Selic está em 13,75% ao ano. De acordo uma nota econômica divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quinta-feira (1º/12), a Selic foi mencionada como um problema por 24,2% dos industriais ouvidos. Com informações do Metrópoles

O Brasil não vivia algo do tipo desde 2017, quando a taxa chegou ao mesmo percentual de 2022, a 13,75% ao ano. De acordo com a CNI, em 2021 as preocupações com a taxa de juros no ranking de problemas enfrentados pela indústria de transformação ocuparam o 13° lugar.

O BC indicou que não deve diminuir os juros este ano. Em 2023, a tendência é de queda, podendo fechar a Selic em 11,50% ano ano, como indicou o último Boletim Focus.

Hoje, a Selic está em quarto lugar entre as preocupações. Na primeira colocação estão as questões mais ligadas diretamente às produções, como o alto preço e escassez de matéria-prima, sendo 39,4% das respostas. Em segundo e terceiro lugar estão: elevada carga tributária (34,2%) e demanda insuficiente (24,3%).

Comentários