Reajuste salarial em 2024 -

Apesar do bloqueio de quase R$ 3 Bilhões, servidores ainda aguardam reajuste

Mesmo após os ministérios da Fazenda e do Planejamento e Orçamento anunciarem o bloqueio de R$ 2,9 bilhões no Orçamento da União deste ano, os servidores do Executivo federal ainda veem alguma possibilidade de reajuste salarial em 2024. As informações são do Metrópoles. 

Foto: reprodução

O bloqueio orçamentário, também conhecido como contingenciamento, foi divulgado em 23 de março no Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias do primeiro bimestre. Essa limitação é aplicada nos gastos não obrigatórios dos ministérios.

"Os contingenciamentos costumam ocorrer com certa frequência na Administração. Não são um fator decisivo, há outros elementos", afirmou o presidente do Fórum Nacional Permanente das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques.

Desde o final de 2023, quando as negociações por reajuste para este ano tiveram início, as categorias estão intensificando as mobilizações, incluindo a realização de assembleias, greves, paralisações pontuais e operações-padrão.

De acordo com um balanço do Fonacate, mais de 120 mil servidores da ativa estão paralisados, o que representa mais de 20% do total de 570 mil funcionários do Executivo federal. São 16 categorias mobilizadas de alguma forma.

Esse número tende a aumentar, pois novas adesões ocorrem à medida que algumas categorias negociam diretamente com o governo.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco