Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF), em parceria com o Instituto CultuArtes, está com inscrições abertas para o curso de Montagem e Manutenção de Placas Solares. As atividades serão realizadas de maneira presencial na sede do Instituto.

Ao total, serão ofertadas duas turmas no turno da noite, de 18:30h às 22h, com inscrições realizadas presencialmente na sede do Instituto CultuArtes, que fica localizado na Av. Principal, Q-17, n° 22, no bairro Betinho, zona Sul de Teresina.

“Estamos preparando pessoas da melhor maneira possível, auxiliando em seus conhecimentos e as capacitando. É uma determinação do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, que toda a população receba qualificação profissional, para que possam buscar novas oportunidades e ingressar no mercado de trabalho”, ressalta Maykon Silva, presidente da FWF.

Nesse curso, os alunos irão aprender sobre as mais modernas tecnologias e conhecimentos da área, como efetuar a instalação de painéis solares (placas de energia solar), aspectos teóricos e práticos do dimensionamento de sistemas fotovoltaicos, fundamentos, regulamentações e técnicas avançadas de forma especializada. Esse curso foi elaborado especialmente para as pessoas que desejam conseguir uma vaga no mercado de trabalho, aprender uma nova profissão e aprimorar os seus conhecimentos.

Essa parceria tem como objetivo levar qualificação profissional gratuita para toda a população de Teresina. Os alunos receberão material didático básico gratuitamente e terão o acompanhamento de instrutores durante todo o curso com aulas práticas e teóricas. Ao terminarem os cursos, os alunos estarão aptos a colocarem em prática o conteúdo aprendido em sala de aula e ingressarem no mercado de trabalho. Esse projeto conta com recursos de emenda parlamentar do vereador Alan Brandão.

Para realizar a inscrição o candidato deve levar as cópias dos seguintes documentos: RG, CPF e os comprovantes de endereço e escolaridade. Para mais informações, basta fazer contato com o número (86) 99825-3395.

PostMídia: (86) 9 9800-9535


Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina
Comentar

Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz abriu nesta quarta-feira (08/06), o processo de inscrição para o curso presencial de “Confecção do Vestuário, Corte, Costura e Modelagem”, que será realizado no Instituto Costurando Sonhos, zona Sul de Teresina. As aulas aconteceram no turno da tarde, 14h às 17h, com início das atividades no dia 13/06, concluindo a carga horária de 200h.

As inscrições estão sendo realizadas de forma presencial, na sede do Instituto Costurando Sonhos (Rua Elpidio Brigido de Sá, S/N), bairro Vila da Glória, zona Sul de Teresina. Para ter a inscrição concluída o candidato deve levar os seguintes documentos: RG, CPF e comprovantes de residência e escolaridade.

No curso, os alunos irão aprender técnicas de Costura e Modelagem de roupas, manuseio da máquina de costura, medidas e conhecimento sobre tecidos, combinação de estampas, ajustes e reformas, acabamentos, confecção de acessórios e bolsas têxteis. Esse curso foi elaborado especialmente para as pessoas que desejam conseguir uma vaga no mercado de trabalho, aprender uma nova profissão e aprimorar os seus conhecimentos.

“A Fundação Wall Ferraz tem a missão de executar estratégias de qualificação profissional para a população de Teresina. É uma determinação do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, para fazermos isso de maneira descentralizada, ampliando cada vez mais todas as nossas atividades” destacou Maykon Silva, presidente da FWF.

Todas as atividades da FWF têm o objetivo levar qualificação profissional gratuita para a população de Teresina. Os alunos recebem material didático básico gratuito e acompanhamento de instrutores durante todo o curso com aulas práticas e teóricas. Ao terminarem os cursos, os alunos estarão aptos a colocar em prática o conteúdo aprendido em sala de aula e ingressarem no mercado de trabalho.

PostMídia: (86) 9 9800-9535


Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina
Comentar
Centros de capacitação · 07/06/2022 - 08h12 | Última atualização em 07/06/2022 - 10h27

Fundação Wall Ferraz oferta 150 vagas para cursos de qualificação profissional


Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF) está com inscrições abertas para cursos de qualificação profissional nos centros de capacitação dos bairros Vermelha, Poty Velho, Dirceu e Porto Alegre. Ao todo, mais de 150 vagas serão ofertadas para os cursos de “Balconista de Farmácia”, “Operador de Caixa”, “Agente de Portaria” e “Confecção do Vestuário, Corte, Costura e Modelagem”.

As inscrições estão sendo realizadas de forma presencial nas sedes dos Centros de Capacitação da Fundação Wall Ferraz. Para realizar a inscrição, o candidato deve ser maior de 16 anos, com ensino médio completo ou cursando o último ano, e são necessários os seguintes documentos: RG, CPF e comprovante de residência. As atividades terão início no dia 13 de junho, nos turnos da manhã, tarde e noite.

“A Fundação Wall Ferraz tem a missão de executar estratégias de qualificação profissional para a população de Teresina, fazemos isso utilizando os nossos centros de capacitação. É uma determinação do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, para fazermos isso de maneira descentralizada, ampliando cada vez mais todas as nossas atividades. Estamos buscando cada vez mais intensificar as atividades em nossos centros de capacitação, que estão localizados em todas as zonas e também nas comunidades rurais” destacou Maykon Silva, presidente da FWF.

Todas as atividades da FWF têm o objetivo levar qualificação profissional gratuita para a população de Teresina. Os alunos recebem material didático básico gratuito e acompanhamento de instrutores durante todo o curso com aulas práticas e teóricas. Ao terminarem os cursos, os alunos estarão aptos a colocar em prática o conteúdo aprendido em sala de aula e ingressarem no mercado de trabalho.

Confira a carga horária e os locais dos cursos:

Centro de Capacitação do Bairro Vermelha (Rua Treze de Maio, 1718, zona Sul de Teresina):

•Curso de Operador de Caixa, 70h;
•Agente de Portaria, 80h.

Centro de Capacitação do Bairro Poty Velho (Rua Desembargador Flávio Furtado, n° 1113, zona Norte de Teresina).

•Agente de Portaria, 80h;
•Balconista de Farmácia, 80h.

Centro de Capacitação do Bairro Dirceu (Rua 54 s/n Próximo a Biblioteca):
•Balconista de Farmácia.

– Avenida Ayrton Sena Qd. E, Casa 45, Bairro PORTO ALEGRE, zona Sul de Teresina.

•Confecção do Vestuário, Corte, Costura e Modelagem, 200h.

PostMídia: (86) 9 9800-9535


Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina
Comentar
Carga horária de 20 h/a · 03/06/2022 - 12h00 | Última atualização em 03/06/2022 - 14h30

Inscrições para curso de Direito Sucessório terminam nesta sexta-feira (03)


Compartilhar Tweet 1



Terminam as inscrições para o curso de Direito Sucessório, promovido pela Escola Judiciária do Piauí (EJUD-PI) para magistrados(as), servidores(as) do TJ-PI, nesta sexta-feira (03/06). As inscrições podem ser realizadas através do link: https://www.tjpi.jus.br/sysejud/events/courses_external.

A formação educacional terá carga horária de 20 h/a e será ministrada pelo Prof. Ms. Regis Gurgel do Amaral Jereissati em formato híbrido, sendo integrada por atividades síncronas e assíncronas. Serão ministradas 03 (três) aulas online nos dias 13, 20 e 27 de junho, das 14h às 17h. A carga horária restante será disponibilizada na plataforma Moodle.

“O curso tomará como eferência as posições doutrinárias e jurisprudenciais sobre a matéria, formadas a partir dos julgados proferidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a fim de que os participantes estejam habilitados a compreender e aplicar o direito sucessório a partir de uma visão prática”, explicou Danillson Damasceno Moura Santos, chefe da Seção de Ensino à Distância da EJUD.

As inscrições efetivadas serão regidas pelas regras de inscrição e participação em ações formativas promovidas pela EJUD/TJPI, estabelecidas pela Portaria n. 4101, de 11 de outubro de 2018 e Portaria Nº 1021/2021 – PJPI/EJUD-PI.

PostMídia: (86) 9 9800-9535


Fonte: TJ-PI
Comentar

Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF), abriu nesta quinta-feira (26/05), o processo de inscrição para workshop de Empreendedorismo Básico, que será ministrado de forma presencial no Centro de Capacitação da FWF da Cerâmica Cil.

As inscrições estão sendo realizadas de forma presencial na sede do Centro de Capacitação FWF, na PI 130 S/N, zona rural Sul de Teresina. O workshop acontecerá no turno tarde, de 14h às 17h, concluindo a carga horária de 20 horas.

Para realizar a inscrição, o candidato deve ser maior de 16 anos com ensino fundamental completo. São necessários levar os documentos de RG, CPF e comprovante de residência.

“A FWF busca ampliar a oferta de cursos de qualificação profissional, e por isso vamos abrir uma nova turma do curso de balconista de farmácia, porque é um mercado amplo em Teresina. Vamos também abrir turma para o curso de libras, que é uma foram de quebrar barreiras, facilitando a integração social, assim como determina o prefeito Dr. Pessoa”, ressalta Maykon Silva, presidente da FWF.

O workshop ensina as novas técnicas e as formas de empreender no mundo atual. Todos os cursos ofertados pela FWF tem o objetivo levar qualificação profissional gratuita para toda a população de Teresina. Os alunos recebem material didático básico gratuito e acompanhamento de instrutores durante todo o curso com aulas práticas e teóricas. Ao terminarem os cursos, os alunos estarão aptos a colocarem em prática o conteúdo aprendido em sala de aula e ingressarem no mercado de trabalho.

 

PostMídia (99) 8175-5041


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar

Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí, abriu processo seletivo com 58 vagas, sendo 29 vagas imediatas e 29 vagas para formação de cadastro de reserva, com o objetivo de atender as necessidades da administração municipal. As informações são do Portal CostaNorte.

As vagas são para fiscal de tributos, fiscal de obras e postura, orientador social, visitador do programa Criança Feliz, entrevistador do Cadastro Único do Bolsa Família, educador físico, professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental e professor de Educação Física.

EDITAL COMPLETO

A carga horária de trabalho varia entre 20h e 40h e o salário entre R$ 1.212,00 e R$ 2.000,00.

De acordo com o edital, as inscrições são no valor de R$ 70 para os cargos de nível médio e de R$ 80 para os cargos de nível superior. O prazo para realização das inscrições vai até o dia 23 de maio de 2022 e podem ser feitas através do Instituto Bahia.

A seleção se dará por meio de prova objetiva e prova de títulos. A aplicação da primeira etapa está programada para o dia 19 de junho. O resultado final será divulgado no dia 8 de julho.

PostMídia: (86) 9 9800-9535

Comentar
Bolsas de mestrado e doutorado · 07/04/2022 - 08h42

Capes disponibiliza 3.561 bolsas a 213 instituições de ensino superior


Compartilhar Tweet 1



A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) disponibilizará 3.561 bolsas por meio da cota de pró-reitorias de pós-graduação. Deste total, 1.823 serão bolsas de mestrado e 1.738 de doutorado. Elas terão, como destino, 213 instituições de ensino superior e pesquisa, públicas e privadas. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com a entidade, 35% desses benefícios serão dirigidos a instituições das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O total anual a ser investido será R$ 70,2 milhões.

“Esse total se soma aos mais de 84 mil benefícios já concedidos pelos programas institucionais da Fundação”, informa a Capes, referindo-se às novas vagas previstas pela Portaria nº 73, publicada no Diário Oficial da União de desta quarta (06/04).

A portaria traz ainda alguns dos critérios a serem adotados para a alocação da cota de bolsas de estudo e auxílios escolares. Entre eles estão os cursos ofertados nos municípios de menor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM); e os temas estratégicos que foram definidos pela pró-reitoria ou por órgão equivalente.

“A pró-reitoria, ou órgão equivalente na instituição, precisará definir e tornar público temas estratégicos onde serão aplicados esses benefícios, além de atender cursos ofertados em cidades de menor IDHM. Outros critérios poderão ser aplicados desde que os exigidos pela Capes sejam prioritários”, explicou, em nota, a entidade.

Segundo a Capes, os demais critérios para concessão das bolsas serão mais detalhados em portaria específica. Essas especificações, acrescenta a entidade, levarão em conta o número de bolsas que a instituição já recebe pelos programas institucionais. Em 2022, a coordenação destinou 84.336 bolsas à pós-graduação brasileira.

Comentar
Edital nº 09/2022 · 05/04/2022 - 09h03

Universidade Aberta do Brasil oferece mais de 130 mil vagas


Compartilhar Tweet 1



A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou edital com 131.102 vagas em cursos de graduação e especialização, voltadas, principalmente, para a formação de professores da educação básica por meio do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). Os números estão no resultado da seleção do Edital nº 09/2022, publicado no Diário Oficial da União. As informações são da Agência Brasil.

As propostas selecionadas foram apresentadas por universidades e institutos da rede pública dos 26 estados e do Distrito Federal. São 369 cursos de licenciatura, como pedagogia, letras, matemática e educação física, além de 220 especializações, entre as quais gestão escolar, informática, métodos e técnicas de ensino e saúde na educação.

Universidade Aberta 
Criado em 2006, o sistema UAB leva a universidade pública a locais distantes e isolados do país pela modalidade educação a distância (EaD). Isso facilita iniciativas que estimulam a parceria governamental — federal, estadual e municipal — com 139 instituições de ensino superior.

Atualmente, são 121 mil alunos matriculados em 967 polos instalados em 850 municípios.

O objetivo é contribuir para a Política Nacional de Formação de Professores, com ofertas de vagas prioritariamente voltadas ao preparo de profissionais para trabalhar com a educação básica. 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Os interessados em participar do Cursinho Popular Pré-ENEM Paulo Freire têm até esta terça-feira (22/03) às 23h59min para se inscreverem na seleção para as turmas de 2022. São ofertadas 140 vagas divididas em dois turnos: 70 para o turno da tarde e 70 para o turno da noite, com aulas previstas para começar no dia 28 de março. O curso é direcionado para alunos da rede pública ou bolsistas da rede privada (bolsa de 50% ou mais), que estejam concluindo ou já tenham concluído o ensino médio.

O curso é organizado pela Universidade Federal do Piauí, através da Coordenadoria do Projeto de Extensão Cursinho Popular Pré-ENEM Paulo Freire.

As atividades letivas serão desenvolvidas de forma remota, com possibilidade de posteriormente funcionar de maneira presencial em Picos, no Campus Senador Helvídio Nunes de Barros, mediante avaliação do cenário epidemiológico e dos direcionamentos da Administração Superior da UFPI no ano letivo de 2022.

A solicitação da inscrição será efetuada por meio do e-mail: cursinhopopularpf@hotmail.com. Orientações sobre a documentação exigida estão disponíveis no EDITAL Nº02/2022 – Cursinho Popular Pré-ENEM Paulo Freire.

Confira o edital

Dúvidas quanto ao processo de inscrição poderão ser tiradas entrando em contato com a coordenação discente do Cursinho por meio dos telefones: 87-99106-2786 e 89-99972-2105 em dias úteis das 8:00 às 18:00.

 

(99) 8175-5041


Fonte: UFPI
Comentar
2,4 mil acadêmicos · 16/03/2022 - 09h14

Capes abre inscrições para programa de pós-doutorado


Compartilhar Tweet 1



A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) inicia hoje (16) as inscrições de propostas para o programa de pós-doutorado estratégico. Por meio do Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG), serão concedidas 1,4 mil bolsas para até 709 projetos. O investimento previsto é de R$ 173,5 milhões. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com as regras do Edital nº 16/2022, publicado segunda-feira (14), o prazo para a apresentação de projetos termina em 2 de maio, às 12h. Após as fases de análise técnica e de recursos, o resultado final deve ser divulgado no Diário Oficial da União a partir de 31 de agosto. O início da implementação dos projetos está previsto para setembro. 

De acordo com a Capes, a iniciativa tem como público alvo 2,4 mil acadêmicos. Segundo a presidente do órgão, Cláudia Queda de Toledo, o programa visa a aumentar a eficácia na formação de mestres e doutores.

“Com esse novo programa voltado ao pós-doutorado, a Capes pretende ampliar o conhecimento, a produção científica e a adoção de tecnologias para que os cursos se consolidem e contribuam para o desenvolvimento local, regional e nacional”, afirmou. 

Ligada ao Ministério da Educação, a Capes é responsável pela expansão da pesquisa de mestrado e doutorado em todo o país.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Mais estudantes de pós-graduação da Universidade Federal do Piauí (UFPI) serão contemplados com bolsas para prosseguir com suas qualificações. A Instituição terá agora 60 novas bolsas concedidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), por meio do Programa Demanda Social, alcançando o total de 425. Serão 15 bolsas para mestrado e 45 para doutorado a mais em 2022.

A concessão dessas bolsas prioriza cursos com melhor resultado na avaliação da pós-graduação da Capes, tamanho do curso pelo número de alunos titulados e Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). Os programas que permanecem com nota 3 em duas avaliações da Capes só receberão novas bolsas após o resultado da avaliação quadrienal, que está em curso.

O aumento de bolsas revela que a UFPI tem melhorado a qualidade da pós-graduação e isso é resultado de ações como o acompanhamento mais personalizado dos programas, apoio do Comitê de Assessoramento da PRPG, formado por docentes experientes em avaliações da Capes, e eventos como o Seminário de Acompanhamento dos Programas de Pós-Graduação e o Ciclo de Palestras da PRPG, que traz representantes da Capes para as discussões.

“Atribuímos também ao empenho e interesse dos coordenadores e de todos que compõem os programas. Houve um aumento da produção científica e tecnológica dos docentes, que têm se empenhado muito, com publicações  em revistas de alto impacto, publicações de livros e capítulos de livros,  depósitos de patentes e registros de softwares.  É importante destacar ainda o empenho dos discentes, que têm respondido positivamente à proposta de melhorar a avaliação dos programas, o que será importante para o currículo deles também”, frisou a Pró-Reitora de Ensino de Pós-Graduação, Regilda Moreira-Araújo.

Outra ação da UFPI que contribui para a melhoria da qualidade das produções da pós-graduação é o Prêmio UFPI de Dissertação e Tese, a última edição premiou os estudantes e orientadores com a publicação das suas pesquisas em livro pela EDUFPI.

Outras bolsas para a pós 

No segundo semestre de 2021, projetos de Programas de Pós-Graduação da UFPI foram contemplados em edital da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) e receberam 42 bolsas, com vigência de quatro anos. Os programas profissionais foram contemplados no edital da FAPEPI, são cursos que não podem receber as bolsas do Programa Demanda Social da Capes. A pós-graduação também pode receber bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que são gerenciadas pelos programas de pós-graduação.

“A bolsa é um incentivo e, muitas vezes, um meio para que o estudante faça a pós-graduação. Eles têm gastos e a bolsa ajuda o aluno a manter uma situação financeira para que possa se dedicar ao que está fazendo, cumprir ou até diminuir prazos, ter a sua titulação e ser inserido no mercado de trabalho qualificado”, destacou a professora Regilda.   

(99) 8175-5041


Fonte: UFPI
Comentar
Curso será presencial · 10/03/2022 - 08h09 | Última atualização em 10/03/2022 - 10h41

FWF abre inscrições para o curso “Corte e Costura de Roupas para o Ciclismo”


Compartilhar Tweet 1



A Fundação Wall Ferraz abriu nesta terça-feira (08/03), o processo de inscrição para os curso de “Corte e Costura de Roupas para Ciclismo”, o curso será realizado presencialmente, no turno tarde, no horário de 14h00 ás 17h00. Esse curso faz parte do projeto “Vou de Bike”, uma parceria da Prefeitura de Teresina através da Fundação Wall Ferraz com o Instituto de Gestão e desenvolvimento (IGDS).

O curso será realizado presencialmente no centro de capacitação profissional do bairro Satélite( Rua Santa Teresinha, n° 4618) e para realizar a inscrição o interessado deve ir presencialmente ao centro referido com os seguintes documentos: RG, CPF e comprovante de residência.

“É uma determinação do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, que a FWF capacite toda a população, e esse curso tem o objetivo de formar profissionais para atuar no mercado de mecânica de bike, já que é um mercado que está ganhando cada vez mais espaço em Teresina”, pontua Maykon Silva, presidente da Fundação Wall Ferraz.

Essa parceria tem como objetivo levar qualificação profissional gratuita para toda a população de Teresina. Os alunos irão receber material didático básico gratuitamente e terão o acompanhamento de instrutores durante todo o curso com aulas práticas e teóricas. Ao terminarem os cursos, os alunos estarão aptos a colocar em prática o conteúdo aprendido em sala de aula e ingressarem no mercado de trabalho. Esse projeto conta com recursos de emenda parlamentar do vereador Venâncio Cardoso.

(99) 8175-5041


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar

Compartilhar Tweet 1



A Natura acaba de lançar, marcando o Dia Internacional da Mulher, celebrado na última terça-feira (08/03), um curso totalmente gratuito no WhatsApp sobre relacionamentos saudáveis. O objetivo é capacitar a rede de Consultoras de Beleza e sociedade para que possam identificar, prevenir, romper e denunciar ciclos de violência. Para fazer o curso, basta mandar um “oi” para o telefone (11) 96184-1291.  

Criado em parceria com a consultoria de inovação social Think Eva, o conteúdo é lançado em quatro versões que consideram diferentes perspectivas interseccionais, incluindo aspectos raciais, de diversidade de gênero e sexual, e de pessoas com deficiência. Ao longo da jornada, o público aprenderá conceitos de relacionamentos saudáveis, maneiras de identificar traços de uma relação amorosa positiva e até formas de acessar canais de ajuda caso identifiquem que não estão vivendo um relacionamento saudável. 

“A Natura acredita em um modelo de negócios que transcenda a geração de lucro e que contribua para que todas as pessoas tenham uma vida mais digna, incluindo relacionamentos livres de violência. Com o lançamento desse curso, reforçamos a nossa responsabilidade social e fazemos um convite à nossa rede e à toda a sociedade para disseminar a importância de identificar sinais de relações abusivas para romper o ciclo de violência”, afirma Penélope Uiehara, diretora de Marketing de Relacionamento da Natura. 

O curso é fruto do Índice de Desenvolvimento Humano da Consultora Natura (IDH-CN), primeiro indicador corporativo dessa natureza criado para mapear a qualidade de vida das Consultoras de Beleza da marca. Em 2019, o IDH-CN identificou que uma a cada três mulheres da rede declararam já ter vivido alguma situação de violência de gênero. Os números alarmantes refletem a realidade brasileira. Segundo pesquisa do Instituto Datafolha, encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e divulgada em junho do ano passado, uma em cada quatro mulheres acima de 16 anos afirma ter sofrido algum tipo de violência no último ano no Brasil.  

“Os resultados inquietantes desse estudo nos levam a colocar o enfrentamento à violência de gênero como parte da estratégia do negócio e como um dos principais pilares na geração de impacto social positivo por meio da venda direta. Todas as mulheres têm o direito estar em relacionamentos que contribuam para sua autonomia, desenvolvimento profissional e bem-estar. A violência de gênero, em todas as suas formas, não só afeta a vida das vítimas, mas o futuro de toda a sociedade. Enfrentá-la é um compromisso coletivo e urgente”, diz Penélope. 

Natura no enfrentamento à violência  
Desde janeiro deste ano, o Movimento Natura, área da empresa que há mais de 15 anos se dedica à geração de impacto social através da venda direta, conta com uma equipe interna de especialistas no atendimento de casos de violência, antes feito em parceria com startups. Hoje, a Natura faz o acolhimento por meio de central própria. Composto por psicólogas e assistentes sociais, o grupo é responsável por entender a demanda da mulher vítima de violência e direcioná-la para os cuidados oferecidos pela empresa, como abrigo temporário, apoio psicológico e jurídico, além de interlocução com a rede pública de enfrentamento à violência contra a mulher.  

“A internalização da expertise de acolhimento às vítimas passa a ampliar a nossa capacidade de atendimento e contribui em grande medida para a evolução das tecnologias sociais criadas pela Natura para as Consultoras de Beleza”, explica Aline Lima, coordenadora do Movimento Natura. 

Na plataforma de cursos para as Consultoras, o Movimento também coloca à disposição trilhas educacionais com foco nos direitos das mulheres. Atualmente, a empresa possui uma rede de porta-vozes no enfrentamento à violência de gênero espalhadas por todo o Brasil com o papel de sensibilizar, direcionar e fortalecer o tema entre as mais de 1,5 milhão de Consultoras no País.  

Em 2020, a Natura também aderiu à Coalizão Empresarial pelo Fim da Violência contra Mulheres, organizada pelo Instituto Avon, com apoio da ONU Mulheres, suporte técnico da Fundação Dom Cabral e participação de outras empresas. A companhia possui ainda a causa Cada Pessoa Importa, focada em educação, geração de renda e diversidade. Desta forma, busca garantir o acesso de toda a sua rede a uma renda digna, alimentação, moradia, educação, assistência médica, transporte, entre outras necessidades essenciais.  

Sobre a Natura  
Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Conta com 2 milhões de consultoras na América Latina, sendo líder no setor de venda direta no Brasil. Faz parte de Natura &Co, resultado da combinação entre as marcas Avon, Natura, The Body Shop e Aesop. A Natura foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação de empresa B no mundo, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. É também a primeira empresa brasileira a conquistar o selo "The Leaping Bunny", concedido pela organização de proteção animal Cruelty Free International, em 2018, que atesta o compromisso da empresa com a não realização de testes em animais de seus produtos ou ingredientes. Com operações na Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França, México, Peru e Malásia, os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as Consultoras, por meio do e-commerce, app Natura, nas lojas próprias ou nas franquias "Aqui tem Natura". Para mais informações, visite www.natura.com.br  ou acesse os perfis da empresa nas redes sociais: LinkedIn, Facebook e Instagram. 


Fonte: Com informações da assessoria
Comentar

Compartilhar Tweet 1



O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), por meio da Escola de Gestão e Controle (EGC), vai realizar um curso de formação sobre a Nova Lei de Improbidade Administrativa (Lei nº 14.230/21), Nova Lei de Licitações (Lei n° 14.133/21) e Lei de Introdução às Normas de Direito Brasileiro (Decreto-Lei nº 4.657/42). A formação será nos dias 17 a 18 de março, voltada para servidores e membros do Tribunal, de forma presencial. O curso será ministrado pelo conselheiro substituto do TCE-PE, Marcos Antônio Rios de Nóbrega.

Para a diretora-executiva da EGC, auditora Valéria Leal, essa é uma oportunidade para capacitar os membros e servidores do TCE-PI a respeito das mudanças na legislação. “O Direito Administrativo vem passando por profundas transformações que repercutem amplamente no sistema de controle. Três delas são recentes e precisam ser analisadas em conjunto para um perfeito entendimento. São elas: as modificações promovidas pela Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro, a Nova Lei de Licitações e, por fim, as mudanças na Lei de Improbidade. O curso pretende capacitar os membros e servidores do TCE-PI a respeito dessas mudanças, contribuindo para a correta efetivação das ações de controle”, afirmou.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por meio deste link. O curso possui carga horária de 16h/a e será realizado através da empresa MN Desenvolvimento e Treinamento Profissional LTDA.

(86) 99984-2824
 


Fonte: TCE-PI
Comentar
Aperfeiçoamento e atualização · 07/03/2022 - 14h32 | Última atualização em 07/03/2022 - 14h37

Procon/MPPI e ANP promovem curso sobre ações de fiscalização em combustíveis


Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público do Piauí iniciou o curso sobre ações de fiscalização em combustíveis e atividades reguladas pela ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. A capacitação é organizada pelo Procon (Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor), em parceria com o Ceaf (Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional), e pelo órgão regulador federal.

A programação do curso será dividida em duas partes: a primeira envolve a exposição de conteúdos teóricos sobre a fiscalização de combustíveis, acontece até a sexta-feira, 11; a segunda consiste em oficina prática sobre as ações de fiscalização e ocorrerá na próxima semana, de 14 a 17. A formação é destinada, principalmente, aos agentes do Procon/MPPI e aos de órgãos conveniados a ele, como o Imepi (Instituto de Metrologia do Piauí), e tem a finalidade de permitir o aperfeiçoamento e atualização dos conhecimentos destes, sobre o mercado nacional de combustíveis, as leis e os atos normativos que o regulam e as práticas a serem observadas durante o trabalho de fiscalização.

O conteúdo do curso será ministrado por dois servidores da Agência Nacional de Petróleo: Cleber Ribeiro e Vanjoaldo Neto. Os dois fazem parte da equipe do Núcleo Regional de Fiscalização do Abastecimento da ANP em Salvador – Bahia. O primeiro é especialista em Economia Financeira e Análise de Investimentos; mestre em Regulação da Indústria de Energia pela Universidade Salvador e graduando em Direito pela UFBA – Universidade Federal da Bahia. Vanjoaldo é mestre, doutor e pós-doutor em Química Analítica pela UFBA.

Ao abrir oficialmente o curso, o chefe do Ministério Público do Piauí, Cleandro Moura, destacou a importância da capacitação constante na área de fiscalização de combustíveis. “Sabe-se que esse segmento passa por bastante mudanças, não só apenas por questões legais, bem como técnicas e questões de preço e de conjuntura em relação ao mercado internacional. É importantíssimo ficar atento. Por isso, essa capacitação se reverte de grande relevância por que possibilitará, que nossos agentes atualizem seus conhecimentos e assim aprimorem a forma como atuam”, declarou o procurador-geral de Justiça do Piauí.

O coordenador-geral do Procon, Nivaldo Ribeiro, e o diretor-geral do Ceaf, Fernando Ferro, agradeceram a parceria com os integrantes da ANP na ministração dos curso.

O chefe do Núcleo Regional de Fiscalização do Abastecimento de Salvador, Noel Moreira, pontuou, em sua fala, a importância das parcerias em fiscalizações. “Essa união de forças é bastante necessária porque cada órgão tem uma parcela de contribuição, cada um observa algum aspecto que faz parte da sua atribuição. Além disso, esse apoio mútuo potencializa e melhora os resultados do nosso trabalho. O reflexo é a melhoria na prestação de serviços aos cidadãos”, disse o agente da ANP.

(86) 99984-2824


Fonte: MP-PI
Comentar
Parceria é realizada · 04/03/2022 - 09h11 | Última atualização em 04/03/2022 - 09h32

Instituto promove curso sobre atendimento a mulheres vítimas de violência de gênero


Compartilhar Tweet 1



Dados expressivos, levantados pelo Instituto DataSenado em parceria com o Observatório da Mulher Contra Violência, apontam que, em 2021, 86% das mulheres perceberam aumento da violência contra elas no país. Para ajudar nessa luta, diversas frentes precisam ser potencializadas. Aperfeiçoar os conhecimentos dentro da área da Psicologia, por exemplo, é fundamental, já que por meio de técnicas apropriadas os profissionais podem contribuir significativamente nesta causa. Com esse propósito, o MTS Instituto (Método, Técnica e Saúde) realiza, nos dias 11 e 12 de março, na modalidade online, o minicurso “A prática da psicologia frente ao atendimento de mulheres em situação de violência”. Para participar é simples: visite o perfil @mtsinstituto e faça sua inscrição. 

O encontro virtual é destinado a estudantes de Psicologia, profissionais da área e visa promover o aprofundamento de técnicas para o acolhimento de mulheres que vivenciam essas situações, trazendo novos aspectos para uma abordagem ainda mais humanizada e, assim, possibilitando que as mesmas quebrem os ciclos de violência que sofrem. O minicurso será ministrado pela profissional Malena Alves, psicóloga e mestre em Psicologia com ênfase em violências de gênero contra a mulher e estudos feministas pela Universidade Federal do Piauí (UFPI).

A palestrante também é fundadora do projeto Acolhendo Mulheres e reforça que este minicurso é uma oportunidade única para estudantes e profissionais. Ela também frisa que o MTS Instituto dá início aos cursos com esta temática imprescindível para a sociedade. “Hoje, infelizmente, muitos profissionais não sabem como manejar, acolher e acabam julgando mulheres que passam por essas situações”, alerta Malena, reiterando a importância da capacitação profissional.

Malena ainda complementa ao observar que os manejos clínicos incorretos fazem com que muitas mulheres continuem presas ao ciclo de violência. “A prática da Psicologia deve estar voltada ética e politicamente no passo contrário a esses manejos sem qualificação nenhuma. Que possamos nos atualizar e quebrar paradigmas sobre a violência de gênero, fazendo boas práticas e intervenções para que essas mulheres quebrem esses ciclos”, finaliza. 

O minicurso tem como coordenadora geral a psicóloga e professora Kalina Galvão, uma das sócias-fundadoras do projeto. Em parceria com a advogada e professora Naila Fortes, as empreendedoras criaram o MTS Instituto objetivando disseminar o pensamento de que ensinar vai além de transmitir conhecimentos, já que envolve uma série de práticas complementares, como a saúde mental.


Fonte: Com informações da assessoria
Comentar

Compartilhar Tweet 1



O curso de Biblioteconomia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), sob a coordenação do Prof. Me. Aluísio Castelo Branco,  promove evento em homenagem ao Dia do Bibliotecário. O encontro acontecerá no dia 12 de março, das 14h as 18h, de forma online e gratuita, através do canal oficial da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) no Youtube.

A atividade busca pleitear debates importantes acerca de pautas relacionadas a área da Biblioteconomia. O Coordenador do curso, Prof. Me. Aluísio Castelo Branco, conta que o evento não se limitará apenas à homenagem ao dia do profissional bibliotecário, pois na oportunidade também será realizada uma homenagem especial à Profa. Patrícia Gómez de Matos, considerada docente ‘fundadora’ do curso na UESPI.

“Além da comemoração do Dia do Bibliotecário, iremos trabalhar a Agenda 2030 e o papel do profissional de biblioteconomia dentro desse contexto de ações, metas norteadoras e perspectivas”, explica o Coordenador do curso.

A Agenda 2030 da ONU constitui-se em um plano de ação global que reúne 17 objetivos de desenvolvimento sustentável e 169 metas. Esses objetivos foram criados para erradicar a pobreza e promover qualidade de vida as futuras gerações. As bibliotecas e, consequentemente, o profissional bibliotecário, apoiam o acesso à informação e ao conhecimento em toda a sociedade, elas são instituições públicas essenciais.

O evento será livre, contando com a participação de toda comunidade acadêmica.

Programação do evento:

13h30 – Abertura

14h00 as 15h00 – Palestra de abertura: O Papel do Bibliotecário no contexto da Agenda 2030, ministrada pelo palestrante bibliotecário Genilson Geraldo

15h00 as 15h15 – Apresentação EREBD – Piauí

15h15 as 15h30 – Apresentação do III Fórum Biblioteca Escolar

15h30 as 16h00 – Palestra: Os Desafios dos Profissionais Bibliotecários na Contemporaneidade, ministrada pela prof. Patrícia

16h00 as 17h30 – Homenagem a prof. Patrícia

18h00 – Encerramento


Fonte: UESPI
Comentar
Capacitação na educação · 26/02/2022 - 13h09 | Última atualização em 26/02/2022 - 14h08

UFPI ofertará 3 mil vagas de Cursos de Especialização gratuitos para professores de escolas públicas


Compartilhar Tweet 1



Evento de lançamento do edital no Salão Nobre da UFPI
Evento de lançamento do edital no Salão Nobre da UFPI 

A Universidade Federal do Piauí lançou nesta sexta-feira (25/02), o Edital 09/2022 – CEAD/UFPI, que oferece 3.000 mil vagas para cursos de Pós-Graduação Lato Sensu gratuitos, em nível de Especialização, voltados para a formação de professores de escolas públicas, por meio do Programa para Formação de Professores do Ensino Médio/SEB/MEC. O lançamento foi marcado com solenidade realizada no Salão Nobre da UFPI, com a presença do Reitor Gildásio Guedes e da Diretora do Centro de Educação aberta e a Distância (CEAD), Lívia Nery.

As inscrições serão realizadas no período de 03 a 11 de março, via Sigaa. O objetivo do processo seletivo é qualificar professores que atuam na educação básica, vinculados as redes públicas de ensino, com aplicações práticas a partir da nova base da BNNC e estrutura do Ensino Médio.

As vagas serão distribuídas entre os Campi de Teresina, Bom Jesus e Floriano para especialização nas áreas de Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Sociais, Linguagens e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. Os cursos vão ser ofertados na modalidade de ensino a distância, com duração de 10 meses de atividade acadêmica e carga horária de 360 horas. As aulas estão previstas para iniciarem no dia 04 de abril de 2022.

O reitor Gildásio Guedes destacou a importância da participação da UFPI para a realização do Programa de Especialização. “A Universidade Federal do Piauí procura renovar ainda mais os docentes que atuam no Ensino Médio, em busca de proporcionar um aprendizado qualificado”, declarou. 

Reitor Gildásio Guedes
Reitor Gildásio Guedes 

De acordo com a Diretora do CEAD, Lívia Nery, a capacitação dos professores piauienses é importante para as atualizações de metodologias que ocorrem na educação brasileira. “Temos o intuito de capacitar até 3 mil professores de todo o estado do Piauí nas principais áreas da Educação”, afirmou.

Lívia Nery, Diretora do CEAD
Lívia Nery, Diretora do CEAD 

A professora Flávia Sampaio, Vice-diretora do Campus Amilcar Ferreira Sobral (CAFS), em Floriano, esteve presente no evento representando todos os campi do interior e afirmou a relevância de levar os cursos de especialização para fora da capital. “Precisamos deixar registrado esse cuidado em proporcionar oportunidades para docentes do interior que também precisam de uma qualificação superior”.

Vice-diretora do CAFS, Flávia Sampaio
Vice-diretora do CAFS, Flávia Sampaio 

Também estiveram presentes no evento o Vice-reitor da UFPI, Viriato Campelo; a Coordenadora do Centro de Ciências da Educação (CCE), Eliana de Sousa Alencar Marques; representantes de Centros, coordenadores de cursos do CEAD, professores e membros da administração superior.


Fonte: UFPI
Comentar

Compartilhar Tweet 1



Com a retomada gradual de eventos, o setor de alimentos e bebidas estima crescimento após a forte retração durante o período mais agudo da pandemia. Segundo projeção da ABIA (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos), para 68% dos entrevistados(as), um dos principais desafios para os negócios em 2022 será atrair clientes e sustentar o crescimento nas vendas. Para capacitar aqueles(as) que já empreendem ou desejam empreender nesse segmento, o Assaí Atacadista oferece um novo curso gratuito por meio da Academia Assaí Bons Negócios.

Em parceria com o Sebrae, o conteúdo tem como objetivo apresentar um olhar amplo sobre o funcionamento e procedimentos das diferentes áreas de um negócio de alimentação e bebidas, como: vendas, sistemas de delivery, modo operacional, mídias e comunicação.

O curso é gratuito e será realizado de forma 100% online. Para participar, basta acessar o site Academia Assaí Bons Negócios (https://www.academiaassai.com.br/eventos), e se inscrever até o dia 14 de fevereiro.

s pessoas que realizarem o cadastro receberão a confirmação em seu respectivo e-mail para que possam acompanhar a transmissão do curso nos dias 15 e 16 de fevereiro, das 18h às 20h.  

SERVIÇO      
Curso: Gestão 360 para negócios de alimentos e bebidas   
Data e horário: 15 e 16 de fevereiro, das 18h às 20h, no Youtube.   
Descritivo: Em parceria com o Sebrae, o curso apresentará um olhar sobre o funcionamento e procedimento realizados nas diferentes áreas de um negócio de alimentação e bebidas, como: vendas, sistemas de delivery, modo operacional, mídias e comunicação.    
Inscrições: https://www.academiaassai.com.br/eventos até o dia 14 de fevereiro.

Comentar
Tendências do mercado · 15/02/2022 - 20h21

Senac do Centro de Teresina divulga vagas para cursos


Compartilhar Tweet 1



O mercado de trabalho mudou e passou por uma grande revolução, nos dois últimos anos, especialmente por conta da pandemia da Covid-19.

O mercado passou a demandar profissionais atualizados com as novas tendências do mercado. Nesse contexto, os cursos técnicos no segmento de gestão ofertados pelo Senac Centro em Teresina-PI, oferecem além da qualificação, em sintonia com a realidade  de mercado  e desenvolvimento de novas habilidades.

Nossos cursos técnicos de Recursos Humanos, Logística e o Técnico em Secretariado estão com data prevista para iniciar em março de 2022. 
Mais informações na nossa plataforma: matricula.pi.senac.br e/ou 3228.9500.

 

Comentar
Inicia na próxima segunda · 03/02/2022 - 16h32

Palácio da Música abre 119 vagas para cursos


Compartilhar Tweet 1



O Palácio da Música inicia na próxima segunda-feira (07/02), as inscrições para os cursos de sanfona e violão juvenil, dando oportunidade para 70 teresinenses que tenham interesse em aprender a manusear algum desses instrumentos.  As vagas disponíveis são para aulas presenciais no próprio palácio, podendo as mesmas serem transformadas em aulas remotas em casos de restrições sanitárias por conta da pandemia do coronavírus.

Para o curso de violão, o interessado deve ter entre 10 e 16 anos, além de possuir instrumento e ainda disponibilidade para aulas nas terças ou sextas, no período da manhã, e sexta-feira durante a tarde. Para o curso de sanfona, os interessados devem ter entre 12 e 18 anos, sem a necessidade de possuir instrumentos, sendo o mesmo divididos em turmas com aulas às terças e quartas-feiras no período da tarde, e ainda nas quintas no período da manhã.

Orquestra Escola

Ainda no Palácio da Música, o Projeto Orquestra Escola estará disponibilizando vagas para os cursos de viola, violino, cello, e baixo, totalizando a disponibilidade de mais 49 vagas. Para estes cursos, as inscrições também começam na segunda-feira (07/02).

De acordo com Érico Luiz, diretor do Palácio da Música, os candidatos interessados em participar dos cursos, deverão pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ 40 reais e mensalidades no valor de R$ 30 reais enquanto durar o curso. Ainda de acordo com o diretor, pessoas que estejam incluídas no CadÚnico, com cadastro atualizado junto aos CRAS, são isentas das mensalidades.

“No ano passado o Palácio da Música capacitou mais de 500 teresinenses, que agora já estão aptos a ingressarem no mercado de trabalho artístico. Nossa missão aqui é sempre trabalhar no incentivo de valorização a cultura e na valorização de novos músicos”, conta Érico Luiz.

Além de trabalhar com cursos, o Palácio da Música abriga alguns projetos, como por exemplo as orquestras Sanfônica, Violões, Escola, Sinfônica e a Banda 16 de Agosto. O espaço é mantido com recursos da Prefeitura Municipal de Teresina, sendo vinculado a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves.

Para mais informações sobre os cursos, o interessado deve entrar em contato através do WhatsApp 86 98168-0783. As informações sobre disponibilidades de novas vagas poderão ser acessadas no site cultura.pmt.pi.gov.br.


Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina
Comentar

Compartilhar Tweet 1



O curso gratuito de formação em Marketing Digital para artistas, produtores culturais e demais profissionais da comunidade segue com inscrições abertas até o dia 11 de fevereiro. A capacitação é promovida pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), através de uma parceria com a Associação Maria do Amparo (AACEMA).

O objetivo do curso é oferecer aos artistas teresinenses a oportunidade para que a classe tenha uma melhor experiência com as ferramentas digitais, que hoje são bem importantes para quem deseja divulgar um trabalho artístico. Para se matricular, o interessado deve se inscrever através do link https://bit.ly/3H01svr que também está disponível na página da FMC. Ao final do curso, os alunos receberão certificado com carga horária de 120 horas.

As disciplinas envolvem conhecimentos sobre mídias sociais, criação, planejamento e produção de conteúdo em vídeos, análise de métricas e impulsionamento. “O curso é gratuito e alia teoria e prática. Além disso, iremos realizar um acompanhamento e orientações on-line do trabalho que está sendo desenvolvido por cada um, orientando sobre os pontos a melhorar", afirma a coordenadora do curso, Ravenna Araújo.

As aulas ocorrerão às segundas, quartas e sextas-feiras, das 14h às 17h, entre os dias 14 de fevereiro e 11 de março na sala da Palavra Assis Brasil, no Sesc Cultural, que fica na avenida Raul Lopes, n° 513, bairro Noivos. “Estamos com essa parceria com a FMC para garantir essa oportunidade para aqueles que desejam aprimorar seus conhecimentos. Ao todo são 50 vagas que estarão disponíveis”, afirma Christhianne Alencar, diretora executiva da AACEMA.

A AACEMA, que realiza o curso “Marketing Digital para Artistas”, é uma entidade sem fins lucrativos dedicada a promover a educação, a cultura e a assistência social. Nesta primeira edição do curso está qualificando profissionais do setor cultural a empreender a partir das ferramentas on-line.

Para mais informações ou dúvidas, basta entrar em contato pelo link: https://bit.ly/33Uf79o.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), decidiu prorrogar o prazo para que os condomínios se adequem à Lei da Coleta Seletiva.

A decisão foi tomada após solicitação do Sindicato das Empresas de Administração de Imóveis (SECOVI) e levou em consideração a alta demanda dos condomínios.

“O prazo que demos para que todos se adequassem à lei se encerraria dia 31 de janeiro. Porém, devido à grande procura, ainda não conseguimos visitar todos os condomínios que nos solicitaram orientação. Além disso, soubemos que as lixeiras específicas para coleta seletiva estão em falta em alguns locais. Por este motivo, estamos prorrogando o prazo até o dia 28 de fevereiro”, destaca o Secretário da SEMDUH, Edmilson Ferreira.


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar

Compartilhar Tweet 1



Estão abertas, de segunda-feira (24/01) até 28 de fevereiro, as inscrições para o Programa de Bolsa Permanência (PBP), voltado para estudantes indígenas e quilombolas matriculados em cursos de graduação presencial ofertados por instituições federais de ensino superior. As informações são da Agência Brasil.

As inscrições devem ser feitas na página do Sistema de Gestão da Bolsa Permanência (SISBP), disponibilizada no site do Ministério da Educação (MEC). Para acessá-la, clique aqui.

O MEC pede aos interessados que fiquem atentos às regras que constam na Portaria nº 389, de 2013.

Segundo o ministério, a análise da documentação comprobatória de elegibilidade do estudante e a aprovação do cadastro no SISBP deverão ser feitas pelas instituições federais de ensino superior de hoje até 31 de março.

O sistema prevê concessão de bolsas para estadia de estudantes de graduação em instituições federais de ensino superior, de forma a minimizar as desigualdades sociais, étnico-raciais e contribuir para permanência e diplomação dos alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica, em especial, indígenas e quilombolas.

A distribuição das vagas considera o “quantitativo de alunos matriculados e o quantitativo de alunos cadastrados no programa” pelas instituições federais de ensino superior no término do exercício anterior.

O governo disponibilizou uma página com informações sobre o programa. Para acessá-la, clique aqui.

Comentar
Ocorre neste domingo · 09/01/2022 - 11h21

DEIP divulga locais de prova para CFC e CFS PM 2021


Compartilhar Tweet 1



A Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa da PMPI torna públicos os locais de prova dos certames para o Curso de Formação de Cabos PM 2021 e o Curso de Formação de Sargentos PM 2021, que ocorrerá neste domingo (09/01). As recomendações para o dia da prova e horário estão disponíveis dos editais.

Local de prova CFC PM 2021

Local de prova CFS PM 2021


Fonte: PM-PI
Comentar