Acusado de abuso de poder · 26/07/2019 - 16h00

Juiz julga improcedente ação movida contra prefeito e vice-prefeito de Currais


Compartilhar Tweet 1



O prefeito Raimundo Santos e o vice Orleí, da cidade de Currais, foram movidos na Justiça Eleitoral pela suposta ocorrência de abuso de poder econômico e político, referente a campanha eleitoral de 2016. A ação foi ajuizada pelo ex-prefeito Joaquim Aristeu, derrotado por Raimundo Santos nas últimas eleições municipais e pela coligação “Currais vai sorrir de novo” encabeçada pelo ex-gestor do município.

Alegam os investigantes que os investigados incorreram em abuso de poder político e econômico, captação ilícita de sufrágio, bem como arrecadação e gastos ilícitos em campanha eleitoral.

Contudo, não há provas contundentes do fato. E em nenhuma das alegações feitas há fotos, vídeos, documentos, áudios ou outro material probatório que suporte a alegação de forma irrefragável. Diante disso o Juiz do Tribunal Eleitoral do Piauí, Dr. Élvio Íbsen Barreto de Souza Coutinho, julgou improcedente à alegação, por insuficiência de provas.

 


Fonte: Reprodução / Portal B1

Comentários