Ilícito de improbidade · 26/06/2020 - 18h39

Inquérito investiga acúmulo de cargos públicos por secretário de Saúde de Cristino Castro


Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público do Piauí, através da promotoria de justiça de Cristino Castro, no Sul do Piauí, converteu notícia fato em inquérito civil para apurar suposto ilícito de improbidade administrativa no município.

O inquérito apura  suposta irregularidade no acúmulo de cargos públicos pelo secretário de Saúde do município de Cristino Castro, Danilo Vaz de Sousa.

    Secretário Danilo Vaz

O promotor Roberto Monteiro Carvalho  levou em consideração que fatos relatados configuraria, em tese, ilícito de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública.

Uma série de diligências foram determinadas para apuração do caso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Comentários