Dados epidemiológicos -

Sesapi alerta população para necessidade de completar esquema vacinal contra a Covid-19

O Comitê de Operações Emergenciais (COE) da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) decidiu tornar facultativo o uso de máscaras no estado. A decisão foi tomada baseada em dados epidemiológicos que apontam redução de óbitos e novos casos da covid-19. Porém, a Sesapi se mantém vigilante em relação à vacinação, principalmente sobre a necessidade da população completar o esquema vacinal.

Brasil registra 38,4 mil novos casos de covid-19 em 24 horas
Sesapi alerta população para necessidade de completar esquema vacinal contra a Covid-19

Levantamento realizado pela Coordenação de Imunização da Sesapi aponta que apenas 40,26% da população acima de 18 anos completou o esquema vacinal com as duas doses de reforço. O grupo de 12 a 17 anos encontra-se com uma taxa de 46% de primeira dose de reforço aplicada.

Conforme a coordenação, no Piauí a faixa etária a partir de 18 anos possui 2.402.806 pessoas aptas a receber as vacinas, desse total 2.326.316 tomaram a primeira dose (96,81%) e 2.203.830 receberam a segunda dose (91,71%). Já com o primeiro reforço estão 1.773.216, quantidade equivalente a 73,79% desse público, e com o segundo reforço, dose essencial para completar o esquema vacinal, estão apenas 967.592 piauienses (40,26%).

Na população de 12 a 17 anos, o público estimado é de 318.135 pessoas, sendo que 303.565 tomaram a primeira dose (95%) e 270.660 a segunda dose (85%). Por outro lado, no esquema de reforço apenas 147.161 (46%) completaram o esquema vacinal com a primeira.

“É inegável que as vacinas têm um grande impacto na redução dos números de caso, internações e óbitos. “A Sesapi pede que a população procure os postos de saúde para colocar seu esquema vacinal em dia. A flexibilização de medidas, como o uso facultativo de máscaras, depende diretamente da queda dos números de casos, internações e óbitos, tendo em vista a comprovação da influência das vacinas nos dados epidemiológicos”, explicou a superintendente de Atenção à Saúde e Municípios, Leila Santos.

Leila Santos solicita ainda a colaboração dos municípios para manter atualizado os registros de doses aplicadas, além de fortalecer as estratégias de imunização da sua população. “Desde o início da pandemia, os gestores municipais foram parceiros da Sesapi em todas as medidas de combate a doença, e mais uma vez contamos com esse apoio para avançarmos ainda mais na imunização dos piauienses”, afirmou.

Comentários