Ações no Piauí · 25/03/2020 - 15h46

'Ei mermã': projeto alerta sobre combate à violência contra a mulher durante pandemia


Compartilhar Tweet 1



A Coordenadoria Estadual de Políticas para as Mulheres-CEPM, desenvolve a campanha ,“ Ei mermã”, que visa  alertar a população do funcionamento dos serviços específicos de combate a violência contra as mulheres neste período de quarentena devido a pandemia do Covid-19 (coronavírus).  Para facilitar a comunicação das mulheres em situação de violência a CEPM disponibiliza o número 9433-0809  para população mandar mensagens de texto ( Whatapp )  direto para o Centro de Referência Francisca Trindade.

O centro de Referência Francisca Trindade, receberá as mensagens de textos e ajudará a mulher ser assistida pelos órgãos competentes de forma imediata. Esse número serve para as mulheres tirarem dúvidas de como proceder ao sofre ou presenciar alguma violência contra as mulheres, além de continuar assistindo as mulheres.

“O Centro de Referencia  é canal de atendimento para as mulheres em situação de violência e dos  municípios e o número ajudara otimizar a assistência para as mulheres que estejam sofrendo alguma agressão . A rede pode utilizar o número para tirar as duvidas e as mulheres para serem assistidas de forma imediata”, afirma Joelfa Farias, Coordenadora da CRM Francisca Trindade.

A ação surge porque muitas mulheres podem conviver com seus agressores por mais tempo nas suas casas. Isso faz com que exista um aumento  das  violências que já estavam acontecendo ou  a intensificação dos conflitos familiares durante o período de reclusão social devido ao Covid-19 (coronavírus).

Ei mermã”,  estimula as mulheres não silenciar nenhum tipo de agressão seja física, psicológica , moral, econômica ou patrimonial, como também estimula que uma mulher sendo vizinha de outra possam se ajudar em uma situação de violência fazendo o  acolhimento e a denúncia. Portanto, a vizinha é fundamental neste momento de quarentena porque pode escutar qualquer tipo de grito ou  brigas  e pode coibir acionando os serviços de proteção à mulher.

Ei Mermã é um alerta para a vizinha, amiga, tia, avó, primas, mães, cunhadas, irmãs ou para uma mulher que você não conhece que pode ajudar a evitar que uma violência seja concretiza.. É um chamado para que todas possam se unir e fazer a casa um lugar seguro para as mulheres viverem esse período de quarentena. 

De acordo com Coordenadora Geral da CEPM, Zenaide Lustosa, “Pesquisas recentes com relação a China apontou que durante o período do Coronavírus teve um aumento no índice de violência contra as mulheres e  pesquisas recentes também já no Brasil,  no Rio de Janeiro teve o mesmo resultado. Nesse sentido, nós temos que ampliar nesse período de quarentena a divulgação dos canais que poderão  está ouvindo, acolhendo essas mulheres em situação de violência para que possamos minimizar esse problema”.

O número do Whatsapp (86) 99433-0809 do Centro de Referência Francisca Trindade  estará funcionando 24h  para  melhor assistir as mulheres .

A Central de Flagrantes estará realizando atendimento 24h: Para crimes de violência doméstica contra a mulher, feminicídio, estupro e a critério da autoridade policial.

A Patrulha Maria da Penha manterá o contato com as assistidas via celular e/ou WhatsApp.

Em caso de EMERGÊNCIA LIGUE 190, Acesse e Baixe o SALVE MARIA.

 


Comentários