Concursos

Sendo oferecidas 760 vagas · 10/07/2017 - 13h01

Processo seletivo da FMS está com as inscrições abertas até o dia 21 de julho

Estão sendo oferecidas 760 vagas e concurso é organizado pelo Nucepe


Compartilhar Tweet 1



Estão abertas as inscrições do processo seletivo para substituição de profissionais da área administrativa e de saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

O processo seletivo está sendo realizado pela Universidade Estadual do Piauí, através do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe). A taxa de inscrição é de R$ 150 para o grupo funcional de nível superior cargo médico, R$ 100 para os demais cargos de nível superior. Para o grupo funcional de nível médio a taxa é de R$ 80 e o grupo funcional de nível fundamental pagará taxa de R$ 60. Serão deferidos pedidos de isenção de pagamento de taxa de inscrição de acordo com a Lei Municipal Nº 4. 295. A prova escrita objetiva será realizada no dia 20 de agosto de 2017.

Estão sendo oferecidas 760 vagas, assim distribuídas: 110 para nível fundamental, 273 para nível médio, 377 nível superior, sendo 232 para médico, 145 técnico nível superior. Todos os cargos e atribuições podem ser conferidos no edital, que terá validade de um ano com possibilidade de prorrogação por igual período.

As substituições de profissionais de área administrativa e da saúde são para os casos de afastamento legais de servidores por motivos diversos previstos no Estatuto do Servidor. “O vínculo é temporário e a lotação será nos hospitais, unidades básicas de saúde e outros setores, de acordo com as necessidades da FMS. O período das substituições obedece aos prazos legais estabelecidos no Estatuto do Servidor”, explica Nonato Moura, diretor de Recursos Humanos da FMS.

ACESSE AQUI MAIS INFORMAÇÕES

"Estamos trabalhando para oferecer uma saúde pública de maior qualidade e com mais agilidade. Por isso será realizado o processo seletivo para substituição de profissionais na rede de saúde de Teresina. Na Saúde, tudo é urgente e a população não pode ficar sem atendimento por conta da licença de um servidor, que está usando do seu direito. Decidimos fazer o teste seletivo porque este é o método onde prevalece a competência profissional", falou Sílvio Mendes, presidente da FMS.


Fonte: Com informações da PMT