30 anos após seu falecimento -

História do piloto Ayrton Senna será contada em série e livro

Ao menos uma geração de brasileiros não viveu para ver, ao vivo, um dos mais importantes nomes do esporte nacional. Em 1º de maio, a morte de Ayrton Senna, em Ímola (Itália), completa 30 anos. E, neste 2024, o piloto virará tema de produtos culturais. As informações são do Metrópoles

Foto: Reprodução

A mais aguardada é a série Senna, da Netflix, que chega ao público neste ano – a data exata ainda não foi divulgada. Em seis episódios, a produção aborda a trajetória do piloto, tanto nas pistas, onde foi tricampeão mundial, quanto na vida pessoal – marcada por relacionamentos com famosas, a exemplo de Xuxa e Adriane Galisteu.

Na produção televisiva, comandanda pelo showrunner Vicente Amorim, Gariel Leone vive o piloto brasileiro. A série tem como ponto de partida o começo da carreira automobilística do tricampeão de Fórmula 1, quando ele se muda para a Inglaterra para competir na Fórmula Ford, até o trágico acidente em Ímola, durante o Grande Prêmio de San Marino.

Foto: Divulgação

O elenco também conta com Matt Mella, Susana Ribeiro, Julia Foti, Marco Ricca, Camila Márdila, Gabriel Louchard, Christian Malheiros, Hugo Bonemer, Alice Wegmann e Pâmela Tomé. As gravações ocorreram na Argentina, Uruguai e no Reino Unido.

Ayrton Senna nos livros

Na literatura, os 30 anos da morte de Senna também será lembrado. Ernesto Rodrigues revisita história do ídolo brasileiro na biografia Ayrton: O Herói Revelado.

“Não é necessário lembrar. Cada brasileiro sabe. E muitos continuam sentindo, trinta anos depois, como foi aquele 1° de maio de 1994: o lugar onde estava, as palavras que pronunciou, o vazio que o capacete imóvel abriu no peito, a angústia do resgate inútil, os pés alinhados e caídos, a mancha vermelha no chão de cimento branco, o domingo desfeito em perplexidade e o baque definitivo, no meio da tarde, direto do Hospital Maggiore, em Bolonha”, assim explica Ernesto.

Foto: Divulgação

A nova edição, atualizada e contextualizada, abrange acontecimentos significativos ocorridos no período “pós-Senna” tanto no Brasil como na Fórmula 1. Ao todo, foram adicionados 100 novos trechos inseridos no texto da biografia original.

A obra aborda as relações amorosas; bastidores das temporadas em que ele dividiu a McLaren com o grande rival Alain Prost; a crise interna que precedeu o acidente polêmico na decisão do campeonato de 1990; as façanhas em Donington Park e no circuito de Mônaco; o terremoto provocado na família Senna por Adriane Galisteu.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco