Após processo judicial · 14/04/2019 - 11h36

'Animais Fantásticos 3': Johnny Depp estaria causando dor de cabeça para o estúdio, diz site


Compartilhar Tweet 1



    Foto: Reprodução

O ator Johnny Depp, que interpreta o bruxo das trevas Gellert Grindelwald na franquia 'Animais Fantásticos', entrou com um processo judicial no valor de U$50 milhões contra a ex-mulher Amber Heard alegando que suas alegações de abuso doméstico não passavam de uma farsa elaborada.

Agora, com o processo voltando à mídia, a Warner Bros. está "pirando" com a conexão da franquia de filmes do 'Harry Potter' com o ator.

De acordo com Page Six , uma fonte afirma que os executivos do estúdio estão "extremamente preocupados" em continuar a trabalhar com Depp e com a mensagem que ele envia para o público.

Com a polêmica envolvendo a saída do CEO Kevin Tsujihara após um escândalo de má conduta sexual, o estúdio está tentando evitar novos problemas.

"Os executivos da Warner Bros. estão se perguntando como lidar com a reação da questão do Depp na franquia Harry Potter", disse a fonte. "Executivas de alto nível no estúdio estão extremamente preocupadas em trabalhar com Depp e com a mensagem que ele envia ao público, especialmente após a recente e sórdida saída do CEO Kevin Tsujihara. Este é mais um golpe na moral dos funcionários do estúdio. Se a Warner Bros continuar a depender de Depp, isso revelará muito sobre os valores que a empresa quer passar".

Depp alega que nunca agrediu Amber, que possui testemunhas e afirma que a atriz arquitetou um plano para destruir sua carreira e conquistar fama em cima da polêmica.

"Amber não foi uma vítima de abuso doméstico, foi ela quem cometeu o abuso", ele afirmou.

O astro da franquia 'Piratas do Caribe' enviou documentos ao tribunal "provando"que as alegações de abuso doméstico dela são uma “elaborada farsa”.

O novo processo culminou da matéria escrita pela atriz de Aquaman para o jornal Washington Post em 2018, no qual ela se autodenomina como uma “sobrevivente de abuso doméstico” e fala sobre a importância da cultura contra violência.

O advogado de Depp reconhece que Amber não menciona seu cliente por nome, mas afirma que o artigo todo “depende da premissa que Heard sofreu abuso físico e que Depp foi o transgressor”.

Por fim, ele acusa: “Amber não é a vítima de abuso doméstico, ela é perpetradora.”

Segundo o site TMZ, o ator apresentou novos documentos legais que reforçam nunca ter agredido sua ex-exposa. Nestes novos arquivos, encontram-se testemunhas que afirmam não terem visto Heard com hematomas ou marcas no rosto no dia 21 de maio de 2016, suposto dia em que Depp agrediu a atriz.

Uma testemunha ainda afirma que não notou vidros quebrados no apartamento na época (Amber Heard divulgou fotos de vidros quebrados, alegando que Depp também quebrou objetos da casa no dia).

Por fim, Johnny Depp ainda apresentou imagens de câmeras de segurança e que supostamente mostram nenhum ferimento no rosto de Amber Heard.

    Foto: Reprodução/TMZ

Entenda a polêmica envolvendo o casal:

Segundo informações da Entertainment Weekly, o vilão de 'Animais Fantásticos 2' alega que sua ex-esposa teria agredido seu rosto com dois socos, por ter chegado atrasado em seu aniversário e afirma que não jogou um iPhone contra ela, famoso caso que deu início à disputa judicial entre os dois, lá em 2016.

Para pior a situação, um suposto documento divulgado por Depp alega que os policiais que interrogaram a atriz "não viram ferimentos, hematomas ou inchaço" no local da suposta agressão que ela o acusou de ter causado.

Os fãs vão à loucura: "Ele é inocente"

Agora, pós a repercussão do caso, fãs e admiradores de Depp estão deixando mensagens de desaprovação nas redes sociais de Heard, o que a levou, até mesmo, a desativar os comentários do Instagram após os ataques. Já no Twitter, uma hashtag foi criada para pedir desculpas à J.K. Rowling, pela polêmica decisão da autora e da Warner de não retirar Depp da sequência de'Animais Fantásticos'.

Confira alguns tweets sobre o caso:





 


Fonte: Com informações do Cine Pop

Comentários