-

Skaf nega ter assinado carta em defesa da democracia e registra B.O.

O ex-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) Paulo Skaf afirmou que seu nome foi incluído de forma fraudulenta na carta em defesa da democracia da Faculdade de Direito da USP. Com informação do Metrópoles.

    Reprodução

“Confirmo que não assinei. Fraudaram minha assinatura. Soube ontem a noite (12/08)”, disse o empresário ao canal de notícias CNN Brasil. Após os advogados de Skaf entrarem em contato com a organização do movimento, o nome foi excluído da lista de signatários. Ele registrou um boletim de ocorrência nesse sábado (13/08).

O caso foi registrado como falsidade ideológica na Delegacia Eletrônica e encaminhado ao 98º Distrito Policial, Cidade Monções, Zona Sul de São Paulo.

Em nota, a Faculdade de Direito da USP confirmou a retirada do nome. Segundo a universidade, os dados utilizados para o cadastro estavam corretos e a única assinatura da carta realizada pelo número de IP do computador foi a do empresário.

Leia a matéria completa no Metrópoles.

PostMídia - 86995980258

Comentários