Prometeu ajudá-lo · 13/10/2021 - 14h22

Pontes diz que pediu ajuda de Bolsonaro para repor recursos da ciência


Compartilhar Tweet 1



O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, disse, nesta quarta-feira (13/10), que foi pego de surpresa pelo corte de verbas para a ciência. Pontes ainda afirmou que Jair Bolsonaro (sem partido) prometeu ajudá-lo a repor os recursos. As informações são do Metrópoles

“Realmente, como eu já coloquei, publicamente até, eu fui foi pego de surpresa. Ontem, conversei com o presidente sobre isso, ele também foi pego de surpresa. Pedi ajuda para a recuperação desses recursos, ele prometeu que vai ajudar”, afirmou o ministro em audiência na Câmara.

“Eu fiquei muito chateado. Já conversei sobre isso para que seja reposto, conversei com a ministra Flávia [Arruda, da Secretaria de Governo], e eles prometeram que isso vai ser reinstituído”, completou Pontes.

Na última quinta-feira (07/10), o Ministério da Economia anunciou, em ofício à Comissão Mista do Orçamento, o corte de 90% dos recursos que seriam destinados a vários projetos científicos, inclusive a bolsas e ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

“Já enviei ofício para o ministro Paulo Guedes, para a Economia, Casa Civil e Secretaria de Governo sobre a necessidade de recomposição imediata desses recursos que foram passados para os ministérios. Assim como também já conversei e falei com o presidente, ele ficou de me ajudar com a recomposição disso. Diga-se de passagem: o presidente costuma ajudar sempre em relação ao orçamento”, disse Pontes.

Ao ser alvo de críticas por deputados da oposição, o ministro reforçou que continua no cargo pois é “piloto de combate” e treinado para “defender o país” e “cumprir a missão”.

Comentários