Divulgou nota · 23/06/2022 - 15h18

PF investiga suposta interferência em ação que prendeu Milton Ribeiro


Compartilhar Tweet 1



A Polícia Federal (PF) vai investigar suposta interferência sobre a execução da Operação Acesso Pago, que prendeu nessa quarta-feira (22/06) o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e outros acusados de integrarem esquema de corrupção no MEC. As informações são do Metrópoles.

Ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro
Ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro 

“Considerando boatos de possível interferência na execução da Operação Acesso Pago e objetivando garantir a autonomia e a independência funcional do Delegado de Polícia Federal, conforme garante a Lei nº 12.830/2013, informamos que foi determinada a instauração de procedimento apuratório para verificar a eventual ocorrência de interferência, buscando o total esclarecimento dos fatos”, informou a corporação, em nota divulgada na tarde desta quinta-feira (23/06).

A informação foi dada pela PF em nota curta, sem explicar a que suposta interferência se refere.

 

Comentários