Bloqueio de milhões -

Ministro dos Transportes afirma que bloqueio não impactará obras do novo PAC

Renan Filho, Ministro dos Transportes, saiu em defesa do governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) diante do bloqueio de R$ 2,9 bilhões no Orçamento da União. Sua pasta foi a segunda mais afetada, com R$ 679 milhões bloqueados. As informações são do Metrópoles

Foto: reprodução

O bloqueio visa evitar o estouro do limite de despesas fixadas no Novo Marco Fiscal, a nova regra de controle dos gastos públicos aprovada no ano anterior.

As restrições atingem principalmente as despesas não obrigatórias, incluindo os investimentos e custeio da máquina pública. No total, 13 ministérios foram impactados, com exceção de pastas como Saúde, Educação e as de menor orçamento da Esplanada, que foram poupadas.

Renan Filho destacou a saúde financeira do governo ao afirmar que o contingenciamento menor do que o previsto demonstra fundamentos macroeconômicos sólidos. Ele compartilhou suas observações pelas redes sociais na noite de sexta-feira (29/3).

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco