Tribunal de Contas da União -

Joias de Michelle: as 5 perguntas que Bolsonaro deve responder ao TCU

O Tribunal de Contas da União (TCU) deve ouvir o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque sobre o caso das joias apreendidas pela Receita Federal. Em 2021, a comitiva de Albuquerque tentou entrou trazer ao Brasil joias que seriam para Michelle Bolsonaro. O material é avaliado em R$ 16,5 milhões.

Em documento, o ministro Augusto Nardes estabeleceu que seis perguntas devem ser respondidas por Bolsonaro, de forma escrita. Foram listadas:

Quais foram os presentes recebidos por ocasião da visita à Arábia Saudita?

Quais os presentes recebidos que estão em sua posse neste momento, além daqueles apreendidos, e qual o destino a ser dado para cada um eles?

Os presentes trazidos seriam personalíssimos da ex-primeira-dama e do ex-presidente da República ou seriam incorporados ao acervo do Governo Brasileiro?

Se os presentes foram recebidos em caráter pessoal, quais as providências para o pagamento dos devidos tributos?

Houve orientação para o envio de servidor em avião da Força Aérea Brasileira para tentar buscar nova leva de presentes encaminhados pelo Governo Saudita?

Além do ex-presidente, Bento Albuquerque também deve responder:

Quais foram os presentes recebidos por ocasião da visita à Arábia Saudita?

Quais os presentes trazidos em sua bagagem por ocasião da visita oficial à Arábia Saudita?

Os presentes trazidos seriam personalíssimos da ex-primeira-dama e do ex-presidente da República ou seriam incorporados ao acervo do Governo Brasileiro?

Se os presentes foram recebidos em caráter pessoal, quais as providências para o pagamento dos devidos tributos?

Veja a matéria completa no Metrópoles

Fonte: Metrópoles

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco