Esclarecimentos finais -

Governo prepara "resposta diplomática" a Milei em caso de provocação

Presente no Brasil para a CPAC (Conservative Political Action Conference) Brasil, o presidente argentino Javier Milei será politicamente "ignorado" pelo governo Lula (PT), conforme decisão dos auxiliares do Ministério das Relações Exteriores em conjunto com o Palácio do Planalto. As informações são Metrópoles.

Foto: reprodução

O Itamaraty será responsável por responder diplomaticamente ao argentino, mantendo um tom formal e etiquetado, mesmo diante de possíveis declarações polêmicas de Milei.

Segundo o colunista do UOL, Jamil Chade, o Itamaraty não descarta solicitar esclarecimentos ao embaixador da Argentina no Brasil, Guillermo Daniel Raimondi, caso Milei provoque o presidente Lula.

Milei optou por não participar da 64ª Cúpula do Mercosul em Assunção, Paraguai. O Itamaraty lamentou sua ausência, enfatizando que, apesar disso, o Mercosul, com 33 anos de história como um bloco consolidado, não terá sua dinâmica afetada pela ausência do líder argentino.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco