Se dedicando a encontros · 02/07/2022 - 07h36 | Última atualização em 02/07/2022 - 10h34

Após jantares, Lula esboça dificuldade em dialogar com empresários


Compartilhar Tweet 1



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o seu colega de chapa, Geraldo Alckmin (PSB), passaram as duas últimas semanas se dedicando a encontros com empresários e representantes do mercado financeiro. As reuniões fazem parte de nova ofensiva para tentar conquistar apoio da classe mais alta, na qual o presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece em vantagem nas pesquisas de intenção de voto. Com informações do Metrópoles.

Após conversas individuais e, pelo menos, quatro jantares, o petista se queixou de dificuldades para fazer a classe empresarial “entender que existe pobreza e fome” no país. Nos encontros, Lula tem repetido que bancos lucraram como nunca em seu governo e insistido na tese de que é necessário distribuir renda para fortalecer a economia com a criação de mercado consumidor. O petista, no entanto, reclama que sempre esbarra no mantra entoado por empresários de respeito ao teto de gastos e política fiscal severa.

“Quando a gente vai discutir a política social, o que sobra é o bagaço”, reclamou o petista. “Nós temos metas de inflação, ótimo. Nós queremos baixar o juro, ótimo! Mas nós precisamos falar de política social”, apontou, em entrevista na última sexta-feira (01/07).

Leia a matéria completa no Metrópoles.

Se você tem habilidades em Redes sociais, Social Media, edição de fotos, vídeos e artes gráficas e atende as características a seguir: Notebook próprio; CNH AB; Moto própria; Disponibilidade para viajar; Potencial para aprender After Effects. Mande seu currículo para o número abaixo.

PostMídia - 86 99598 0258

Comentários