Brutalidade · 19/05/2014 - 18h03

Psicopata mata escrivã a facadas e fere gravemente investigadora em Caxias

Psicopata mata escrivã a facadas e fere gravemente investigadora em Caxias


Compartilhar Tweet 1



Caxias inteira está estarrecida com o bárbaro crime ocorrido ao meio-dia desta quinta-feira, 15, dentro da Delegacia da Mulher, no centro da cidade.

Francisco Alves Costa, 42 anos, matou a facadas a escrivã de polícia Loane Maranhão Silva, 28 anos e feriu gravemente a investigadora Marilene Santos Almeida.

Francisco Costa trabalha como gari da Prefeitura de Caxias e contra ele pesa a acusação de abuso sexual das suas filhas, todas menores de idade, que desde ontem (14), após denunciarem os abusos do pai, estão na Casa de Passagem do município.


Com informações do Portal Noca