MPPI · 13/09/2018 - 21h07

Promotoria de Canto do Buriti pede afastamento de PM que matou vaqueiro


Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público do Piauí, através da promotoria de Canto do Buriti, pediu o afastamento do policial militar envolvido na morte do jovem Edvaldo Costa dos Santos, no último final de semana. O policial informou que disparou nele e em seu colega, que ficou ferido, porque sofreu um tentativa assalto, mas populares negam a versão e dizem que o crime foi por ciúmes, num caso envolvendo uma jovem.

Revoltados com a morte de Edvaldo, moradores da cidade de Canto do Buriti tomaram as ruas para pedir justiça.

VERSÃO DO POLICIAL
O crime aconteceu na madrugada de sábado (08/09) e segundo informações repassadas pela polícia, Edvaldo estava em uma moto com Máximo dos Santos, que também foi baleado, e tentaram roubar o policial militar, que reagiu.

Na ação, Edvaldo foi alvejado na região do abdômen e morreu ainda no local, Máximo foi levado para o hospital com um tiro na perna.

Confira a matéria completa.

 


Fonte: Blog Ronda 180

Comentários