Em 2021 foi o o 23º colocado -

TJPI é o 1º em transparência entre os tribunais estaduais e o 8º do país

De acordo com dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJPI) é o 1º entre os tribunais de justiça estaduais e o 8º lugar quando considerados todos os tribunais brasileiros no Ranking da Transparência 2022. Em 2021, o TJPI havia conquistado o 23º lugar nacional no mesmo ranking.

“O Relatório do Prêmio CNJ de Qualidade demonstra o quanto o Tribunal de Justiça do Piauí conseguiu avançar em 2022. No eixo Transparência, conseguimos um percentual de 91,67% de pontos no ranking nacional, o que contabiliza como 110 dos 120 pontos totais do eixo. Destaco também a pontuação no eixo acerca das demandas de caráter resolutivo em até 30 dias pela Ouvidoria, em que também pontuamos e que demonstra a nossa capacidade de ouvir e de resolver os anseios dos jurisdicionados e dos operadores do direito. Muito mais do que números, essas pontuações são o reflexo do compromisso de magistrados e magistradas, servidores e servidoras, empenhados em tornar o nosso Tribunal de Justiça do Piauí cada vez mais célere e eficiente, em benefício da sociedade”, celebra o presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador José Ribamar Oliveira.

PRÊMIO CNJ DE QUALIDADE
O Prêmio CNJ de Qualidade foi criado em 2019, em substituição ao Selo Justiça em Números, implementado desde 2013. Ao longo dos anos, vários critérios foram sendo aperfeiçoados e incluídos no regulamento da premiação, que é dividida em quatro eixos principais: Governança, Produtividade, Transparência, Dados e Tecnologia.

Na premiação, além de utilizar uma metodologia de avaliação dos tribunais sob o olhar do acompanhamento das políticas judiciárias, eficiência, gestão e organização de dados, os tribunais são classificados em três categorias: Diamante, Ouro e Prata. O tribunal que atinge maior a pontuação entre todos os 90 tribunais é congratulado com o Prêmio Excelência.

Comentários