Pagamento de vantagens · 24/09/2019 - 08h05 | Última atualização em 24/09/2019 - 08h30

Polícia Federal investiga esquema que negociava decisões judiciais no Rio


Compartilhar Tweet 1



A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (24/09), a Operação Plantão, com o propósito de desarticular esquema criminoso de negociação de medidas liminares deferidas, pela justiça, mediante o pagamento de vantagens indevidas a autoridades públicas.

A ação da PF conta com o apoio das Corregedorias do Tribunal de Justiça e da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, cumpre 11 mandados de busca e apreensão com o objetivo de reunir elementos específicos para a comprovação dos crimes investigados.

O desembargador Siro Darlan
O desembargador Siro Darlan     Fernando Frazão / Agência Brasil

 Um dos investigados é o desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) Siro Darlan. Os agentes da PF cumprem mandados e busca e apreensão em endereços ligados ao desembargador, como em sua residência e em seu gabinete no TJRJ, no Centro.

Os procedimentos de buscas e apreensão de provas estão sendo realizados em endereços residenciais, comerciais e profissionais dos investigados.

As ordens estão sendo cumpridas por determinação do Superior Tribunal de Justiça - STJ.


Fonte: Comunicação social da PF

Comentários