Seis meses sem solução · 30/03/2021 - 10h10

OAB Piauí pede celeridade na investigação do assassinato de advogado


Compartilhar Tweet 1



A pedido da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Parnaíba e da família do advogado e empresário Janes Cavalcante Castro, que foi perseguido e assassinado a tiros no Litoral piauiense, em setembro de 2020, a OAB Piauí solicitou à Secretária de Segurança Pública, celeridade na investigação do caso trágico. Após algumas reuniões, o ofício foi protocolado na Delegacia Geral de Polícia Civil do Estado do Piauí.

O presidente da OAB Piauí, Celso Barros Neto, explica que desde o ocorrido, a OAB vem acompanhando o caso, cobrando efetividade e maior celeridade no processo investigativo para punir os envolvidos no crime. “Não podemos permitir que um crime como esse fique impune, estamos acompanhando e continuaremos cobrando para que os devidos culpados sejam identificados e que sejam punidos conforme a lei”, explica.

O presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas dos Advogados, Marcus Vinícius Nogueira ressalta que a OAB não ficará inerte diante desse caso. “Hoje, estivemos reunidos com o Delegado-Geral da Polícia Civil, Luccy Keiko Leal, para entregar um ofício, solicitando que a Delegacia Geral encaminhe uma equipe de polícia da capital ou desloque a investigação para uma das delegacias especializadas de Teresina, pois possuem maior e melhor estrutura para elucidação rápida e efetiva do caso”, esclareceu.

Em resposta, o delegado Luccy Keiko destacou que irá reforçar a estrutura da Delegacia de Parnaíba, com o envio de equipes de Teresina para auxiliar no processo investigatório do caso.


Fonte: OAB-PI

Comentários