Segue protocolo · 21/09/2020 - 17h05

Advogados poderão atender presencialmente e sem agendamento nas penitenciárias a partir de 19/10


Compartilhar Tweet 1



A OAB Piauí, por meio da Comissão de Defesa das Prerrogativas dos Advogados (CDPA), participou de uma reunião telepresencial com o Secretário de Estado de Justiça do Piauí (SEJUS), Carlos Edilson, na manhã desta segunda-feira (21/09). Durante a reunião ficou decidido que o atendimento dos Advogados(as) aos internos voltam a ser realizados, sem agendamentos, a partir do dia 19/10, cumprindo todos os requisitos de segurança necessários para enfrentamento da pandemia da Covid-19. Além disso, ficou acordado também que as visitas dos familiares aos internos retornam no dia 02/10.

Devido a pandemia causada pelo coronavírus, os atendimentos presenciais sem agendamento nas penitenciárias haviam sido suspensos e a OAB Piauí, juntamente com a SEJUS, disponibilizaram o atendimento aos internos, por seus respectivos(as) Advogados(as), por videoconferência e, desde maio, de forma presencial, sendo agendado pela Seccional Piauí.

O Presidente da CDPA, Marcus Nogueira, destaca que a OAB Piauí, desde o inicio da pandemia, vem atuando junto à SEJUS para garantir que as prerrogativas dos Advogados sejam respeitadas, inclusive, no que diz respeito aos atendimentos dos seus clientes nas penitenciárias.

“A partir do dia 19 de outubro os Advogados poderão ter acesso aos seus clientes da forma como era feito antes, sem agendamentos e de acordo com as recomendações da SEJUS sobre os protocolos de segurança de combate ao COVID- 19. Claro que os cuidados permanecerão porque estamos em um momento de pandemia, então, continuaremos reforçando aos Advogados a importância de cumprir todos os requisitos de segurança, mantendo a saúde tanto dos internos quanto da Advocacia”, pontuou.


Fonte: OAB-PI

Comentários