Vini Jr, petróleo e mais -

Veja os principais destaques do Jogo do Poder desta segunda-feira (22/05)

Confira os principais destaques do Jogo do Poder desta segunda-feira (22/05), levantados pelo 180graus:

Dr Pessoa retorna ao Palácio da Cidade após quase um mês 

O prefeito de Teresina Dr Pessoa retornou ao Palácio da Cidade nesta segunda-feira (22/05), após 27 dias depois do incidente que sofreu em Brasília (DF), conforme noticiado no Jogo do Poder.

Ainda de cadeira de rodas, mas em plena recuperação, ele foi recepcionado por lideranças comunitárias, vereadores e secretários municipais. Além disso, uma celebração ecumênica foi realizada deixando o gestor emocionado.

"Estou retornando para ver o que foi que ajeitaram aqui, elevador, banheiro, para que eu passe mais esses 40 dias, que já foi uns 20 dias, vindo aqui. Pelo menos vou programar para vir duas a três vezes por semana", disse Dr Pessoa.

Novo secretário da SEMCOM é empossado

O novo secretário da Secretaria Municipal de Comunicação Social (SEMCOM), Thesco Silva, foi empossado pelo prefeito Dr Pessoa que retornou à Prefeitura de Teresina nesta segunda-feira (22/05), conforme noticiado no Jogo do Poder.

"A nossa prioridade é mostrar pra população essa gestão e movimentos. Tá sendo feito muita coisa pela prefeitura, pela gestão do Dr Pessoa. E o desafio é mostrar isso pra população de uma forma simples", afirmou Thesco Silva.

Paulo Roberto, que assumiu recentemente a Secretaria de Agropecuária, também esteve presente no Palácio da Cidade para participar da cerimônia de posse e receber o prefeito, também falou sobre os desafios à diante.

"Nós vamos buscar as parcerias. A primeira parceria é a Secretaria de Produção Agropecuária com a Saad Rural, que é nosso amigo coronel Edvaldo. E daí nós vamos desenrolar o trabalho com o Governo do Estado, através da Sada, com o secretário Fábio Abreu, do qual já conversei também", declarou Paulo Roberto.

Brasil repudia ataques racistas a Vinícius Júnior e pede explicações

O Palácio do Itamaraty cogitou a possibilidade de convocar a embaixadora da Espanha aqui no Brasil para prestar esclarecimentos e apresente como está o andamento de apuração da denúncia de racismo contra o jogador brasileiro Vinícius Júnior, conforme noticiado no Jogo do Poder.

A denúncia foi protocolada nesta segunda-feira (22/05), na Espanha, visando investigar os crimes de ódio e discriminação contra Vinícius Júnior. Há também uma ação envolvendo os Ministérios da Igualdade Racial, dos Esportes e dos Direitos Humanos para que as autoridades espanholas deem uma resposta imediata sobre o ocorrido.

Anielle Franco, ministra da Igualdade Racial, falou com jornalistas e disse que é preciso combater o mal pela raiz, pontuando que o caso do jogador foi um basta. 

"Já temos nos posicionado e dado ali todo o suporte e força inadmissível que em 2023 a gente ainda tem que estar aqui chamando a imprensa, falando numa coletiva sobre racismo. Eu queria dizer antes de iniciar que enquanto tiver sangue correndo nas minhas veias, porque se tem alguma coisa que assola a nossa comunidade preta é o racismo. E esse mal é um caso que a gente precisa combater na raiz. Eu gostaria muito de iniciar falando isso, prestando solidariedade a ele, dizendo que a gente está junto", disse Anielle Franco.

Vinícius Júnior, destaque do time de futebol Real Madrid, foi mais uma vez vítima de ataques racistas nos campos. Desta vez, o ato aconteceu em uma disputa contra o time do Valencia e dessa vez rebateu, cogitando deixar a Espanha.

Jogador sofre racismo durante partida contra o Altos no Estádio Lindolfo Monteiro

Durante partida da 4ª rodada do Brasileirão da Série C, entre o Altos e o Ypiranga, do Rio Grande do Sul, no Estádio Lindolfo Monteiro, goleiro do Ipiranga sofre ato racista vindo de torcedor do Altos, conforme noticiado no Jogo do Poder.

Caíque Luiz, goleiro do Ypiranga, foi atacado com ofensas racistas por torcedor do Altos de 61 anos. Após o jogo, o torcedor foi preso em flagrante pelo crime de racismo, já foi solto, mas está proibido de pela Federação Piauiense de Futebol de frequentar os estádios por 6 meses e continuará respondendo por processo. O goleiro lamentou o fato em seu Instagram 

Lula deve se reunir com ministros para discutir questão do petróleo no Amapá

O presidente Lula tem reunião prevista para esta terça-feira (23/05), com Marina Silva, ministra do Meio Ambiente, e com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, para discutir a questão do petróleo no Amapá, conforme noticiado no Jogo do Poder.

O IBAMA havia negado a instalação de sonda na bacia do rio Amazonas para estudar a possível exploração do petróleo no estado do Amapá a mais de 170 quilômetros da costa e a 530 quilômetros da foz do rio Amazonas. 

Já o presidente Lula disse que a sonda vai ficar no local exceto caso algum estudo comprove que haverá prejuízos ao meio ambiente trazendo malefícios à biodiversidade do local que fica no território de terras indígenas.

"A 530km da Amazônia, é em alto mar. Se explorar esse petróleo tiver problema para a Amazônia, certamente não será explorado. Mas eu acho difícil porque são 530km de distância da Amazônia", disse Lula.

União Europeia multa Facebook em mais de R$ 6 bilhões por violação de regras

A Comissão Irlandesa de proteção de dados aplicou multa de 1,2 bilhão de euros, equivalente a quase R$ 6,5 bilhões, ao Facebook por violação de normas europeias de proteção de dados, conforme noticiado no Jogo do Poder.

Dona do Facebook, a empresa Meta tem um prazo de cinco meses para suspender todas as transferências de dados pessoais para os Estados Unidos e tem seis meses para cumprir totalmente o Regulamento Geral de Proteção de Dados. A multa, que é a maior já aplicada por uma agência de regulamentação de proteção de dados na Europa, é resultado de uma investigação que começou em 2020. A Meta considera a punição injustificável, desnecessária e vai recorrer na justiça para tentar suspender essa multa.

A comissão irlandesa atua em nome da União Europeia para monitorar o comprimento do Regulamento Geral de Proteção de Dados do bloco, porque a sede europeia do grupo fica na Irlanda. 

Real Madrid denuncia crime de ódio contra Vinícius Júnior ao Ministério Público espanhol

O time de futebol Real Madrid, onde atua o jogador brasileiro Vinícius Júnior, denunciou os ataques sofridos pelo atacante durante partida contra o Valencia na Espanha, conforme noticiado no Jogo do Poder.

A investigação já foi iniciada pelo Ministério Público e o Real Madrid prometeu que vai expulsar, vai barrar de vez dos estádios, os agressores. Além disto, o primeiro-ministro da Espanha pediu tolerância zero contra os racistas.

O craque foi alvo de diversos insultos da torcida, que chegou a chamar o atacante de "macaco" e gritou morra Vinícius. O presidente da Federação Espanhola de Futebol reconhece que o esporte no país tem um problema de racismo. 

"Temos um problema. O primeiro é reconhecer que temos um problema de comportamento no nosso país, de educação, de racismo. Enquanto houver insultos por condição sexual, por cor de pele, por crença, temos um grave problema. Certamente Vinícius está mais certo do que pensamos e todos podemos fazer mais, inclusive a Federação", declarou Luis Rubiales.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco