Reunião pública pelo Comitê · 25/06/2022 - 11h05

Trabalho de Narcóticos Anônimos é apresentado na Semana de Políticas Sobre Drogas


Compartilhar Tweet 1



Como parte da programação da Semana de Políticas Sobre Drogas foi realizada na última sexta-feira (24/06), uma reunião pública pelo Comitê SA Cajuína, responsável pelos Narcóticos Anônimos (NA), no Piauí. O Encontro reuniu adictos de todo o Brasil, entres ele o matogrossense C.B, que nos conta como funciona o serviço do programa. “Narcóticos Anônimos é uma irmandade sem fim lucrativos para pessoas que têm problemas com as drogas. Nosso programa é livre, qualquer pessoa pode estar junto conosco, independente de raça, idade e credo religioso. É tudo gratuito, não tem matrículas, a identificação do membro é mantida sempre em sigilo”, define C.B. 

“Oferecemos diversos serviços em especial às reuniões que no Brasil acontecem por semana 4 mil reuniões e atendimento ao público com a participação de formadores de opinião, profissionais da saúde, educação, assistência social, segurança pública, entendemos que eles podem multiplicar a nossa mensagem que é: “qualquer pessoa pode parar de usar e encontrar uma nova maneira de viver”.”, completa. Há 14 anos funcionando no Piauí, o Narcóticos Anônimos já existe em 3 cidades como detalha o membro F.F. “Narcóticos Anônimos (NA), surgiu no Piauí em 2006, com um Grupo chamado de Milagres Acontecem”.

“Temos grupos em Parnaíba, Piripiri, além de Teresina. Depois disso pensamos em um comitê de serviço diário, por conta da estruturação que passamos a ter com a existência de 11 Grupos em Teresina e 5 no interior. Realizamos 20 reuniões semanais na capital de forma virtual”, ressalta.

Um dos membros que teve a sua vida recuperada através das reuniões do NA foi W.N.A que testemunha: “Depois de usar uma quantidade maior das drogas e inclusive roubar o meu pai, ao procurar ajuda espiritual, encontrei um membro de NA que chamou para uma reunião, onde fui bem recebido e passei a frequentar. Hoje estou com mais de 3 anos limpo, tendo uma vida mudada, consigo ter amor à minha família e levo a mensagem para outras pessoas que sofrem com o uso de drogas”, expressa W.N.A.

Pollyana Teixeira, gerente de acolhimento e tratamento da Cendrogas, representou o Órgão na reunião e deixou uma mensagem para os participantes. “Com conhecimento, multiplicando informações e ajudando naquilo que realmente podemos, nós ficamos muito felizes de sermos chamados para momentos como esses, pois a partir de agora quando alguém nos procurar na Cendrogas, já teremos uma referência para encaminhar pessoas que precisem participar das reuniões do NA. Fazemos assim um resgate de quem solicita o nosso apoio”, explica Pollyana.

Mais informações sobre o Narcóticos Anônimos podem ser encontradas no site na.org.br ou através do número de telefone 132.

Se você tem habilidades em Redes sociais, Social Media, edição de fotos, vídeos e artes gráficas e atende as características a seguir: Notebook próprio; CNH AB; Moto própria; Disponibilidade para viajar; Potencial para aprender After Effects. Mande seu currículo para o número abaixo.

PostMídia - 86 99598 0258

Comentários