programa Piauí + Genética -

Sada realiza assinatura para primeira inseminação artificial do programa Piauí + Genética

Na quarta-feira (10/07), a Secretaria da Assistência Técnica e Defesa Agropecuária (Sada) realizou em Água Branca a primeira assinatura para o processo de inseminação artificial do programa Piauí + Genética. A iniciativa visa aprimorar o padrão genético da carne no Piauí, oferecendo inseminação artificial gratuita a pequenos e médios produtores de caprinos e ovinos em todo o estado, democratizando o acesso à tecnologia pecuária. As informações são do Governo do Piauí.

Foto: Governo do estado do PiauíGoverno do estado do Piauí

O secretário da Assistência Técnica e Defesa Agropecuária, Fábio Abreu, e o coordenador de Inovação da Sada, Josilton Lustosa, participaram do ato que é o primeiro passo do programa Piauí + Genética que irá alcançar todo o estado.

O secretário destacou a importância do programa e falou sobre as oportunidades que o projeto trará aos produtores piauienses. “O programa traz esse acesso e democratização para os produtores de pequeno e médio porte, que antes não tinham como usar essa tecnologia por conta do alto custo e por meio do programa os criadores terão zero custos, além de melhorar o seu rebanho“, disse o secretário Fábio Abreu. 

O programa foi lançado pelo governador Rafael Fonteles e terá um investimento de R$ 20 milhões para essa primeira fase e tem como público-alvo 20 mil pequenos e médios produtores dos 12 territórios de desenvolvimento do Piauí. Atualmente, já temos 22 mil animais inscritos no programa, a meta de inscrições é de 26 mil até o fim do ano.

“O programa Piauí + Genética vem para mudar a cara da genética do Piauí, serão realizadas 26 mil IATFs, que serão realizados em todo o estado. O secretário Fábio Abreu e o governador propuseram fazer a mudança da criação tradicional para a pecuária moderna e fazer com que as pessoas vivam dessas atividades”, explica o coordenador de Inovação da Sada.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco